Vôlei

SUPERLIGA MASCULINA

Montes Claros perde para o Sesi em casa e dá adeus à Superliga; Campinas elimina Bento Vôlei

Equipe mineira perdeu por 3 a 0 neste sábado, mas saiu aplaudida de quadra

postado em 19/03/2016 15:45 / atualizado em 19/03/2016 19:13


Vaia? Que vaia? O Montes Claros jogou mal e foi derrotado pelo Sesi por 3 sets a 0 (parciais 19 x 25, 13 x 25 e 15 x 25) e se despediu da Superliga Masculina de Vôlei, na tarde deste sábado, no Ginásio Tancredo Neves. A equipe paulista se classificou para as semfinais da competição. Apesar do desempenho ruim em quadra, a torcida do Pequi Atômico vibrou o tempo todo. No final da partida, os torcedores se levantaram nas arquibancadas e cantaram em coro: “Eu sou Montes Claros, com muito orgulho, com muito amor".Nem parecia que a equipe tinha acabado de perder o terceiro set por 10 pontos de diferença.

Ao apoiar os jogadores, a torcida deu uma demonstração de satisfação com a campanha do time, que ficou em quinto lugar na fase de classificação do torneio. A manifestação também foi uma forma de solicitar a continuidade do projeto na próxima temporada da Superliga.

A paixão da torcida do Montes Claros pela equipe chamou atenção até dos atletas do Sesi, como Murilo, também integrante da Seleção Brasileira e que já foi eleito o melhor jogador da Liga Mundial. “Realmente o que vimos hoje em Montes Claros foi uma liçao da torcida, que deu uma grande demonstração de amor ao time e ao voleibol”, disse Murilo, que também enalteceu a boa campanha do Pequi Atômico. Opinião semelhante foi manifestada por Douglas Souza, outro ponteiro da equipe paulista, que novamente foi escolhido melhor em quadra, recebendo o troféu Viva Vôlei.

O Sesi já tinha vencido o Montes Claros no primeiro confronto das quartas de final da Superliga, realizado em São Paulo. Com mais um triunfo neste sábado, a equipe paulista se classificou para as semifinais da competição, eliminando a terceira partida. Nas semifinais, o Sesi vai enfrentar o vencedor do confronto entre Cruzeiro e São José.

O JOGO

O Montes Claros entrou em quadra neste sábado com a necessidade de vencer para continuar sonhando com a classsificação para as semifinais da Superliga. A partida começou equilibrada, e o Pequi Atômico largou na frente com uma vantagem de um ponto (8 x 7) na primeira parada técnica. O jogo foi mantido equilibrado até o placar de 14 x 14.

A partir daí, a equipe da casa sofreu um “apagão. O Sesi marcou 14 x 16 na segunda parada técnica e ampliou a vantagem para 14 x 17. O Montes Claros continuou cometendo muitos erros de saque e ataque. A equipe paulista, ao contrário, demonstrava concentração e encaixou o saque. Assim, fechou a parcial em 19 x 15.

No segundo set, o Montes Claros esteve irreconhecível. O levantador Rodrigo Ribeiro e o líbero Kachel cometeram erros seguidos. O ataque do Pequi Atômico também não se acertava. O Sesi abriu uma vantagem por 2 x 8 na primeira parada técnica. No segundo tempo técnico, os visitantes já venciam por uma diferença de 10 pontos (6 x 16), dando a impressão que era uma partida de quarta de final da Superliga.

Tentando mudar alguma coisa, o técnico do Montes Claros, Talmo de Oliveira, tomou uma atitude mais ousada: trocou praticamente todo o time, deixando em quadra somente o central Rafael do grupo titular. Nada adiantou e o Sesi venceu o segundo set por uma diferença de 12 pontos (13 x 25).

No terceiro set, Talmo manteve em quadra a maioria da equipe reserva. O Sesi voltou a vencer com facilidade: o time comandado por Marcos Pacheco saiu na frente por 4 x 8 se manteve na frente na segunda parada técnica (11 x 16). Pacheco também colocou em quadra o central Sidão, que voltou a jogar depois de ficar parado por mais de tres meses, após ser submetido a cirurgia no ombro. No final, venceu a parcial por 15 x 25 e a partida por 15 x 25, assegurando a vaga nas semifinais da Superliga.

Campinas também nas semifinais

Gazeta Press

Após ter levado a melhor em Campinas-SP, o Campinas foi ao Rio Grande do Sul encarar novamente o Bento Vôlei. A equipe não se importou de estragar a festa dos donos da casa e venceu por 3 sets a 1, 25/16, 20/15, 25/21 e 30/28, garantindo a classificação para as semifinais. O time de Bento Gonçalves deu adeus à competição.
Fredson Souza / MCV


No primeiro set, os visitantes começaram impondo seu ritmo e fecharam o primeiro set sobre os donos da casa por 25/16. A reação veio na parcial seguinte, quando o time do Sul fechou em 25/20 e empatou o duelo. No terceiro, o Campinas recuperou a liderança da partida, fechando em 25/21.

A emoção ficou para o quarto set. Em uma parcial muito disputada, as equipes se alternaram na liderança e desperdiçaram oportunidades. Após salvar alguns match points, o Bento Vôlei teve chances de empatar o jogo e decidir a permanência na Superliga no tie-break, mas não foi eficaz. O Campinas não perdoou e fechou a partida em 30/28.

Por ter vencido o primeiro duelo em Campinas, a equipe avança às semifinais. Já o Bento Vôlei viu se encerrar o sonho do título 2015/2016.

Tags: campinas sesi superliga montes claros Bento Vôlei superliga masculina