ARGENTINA

Geração que viu Maradona espera passar idolatria da camisa 10 para filhos com Messi

Gratidão ao campeão de 86 é tão grande quanto esperança depositada ao atual líder

postado em 21/06/2014 11:39 / atualizado em 21/06/2014 11:58

Thiago de Castro /Superesportes

Thiago de Castro/Superesportes

Pais e filhos argentinos estiveram presentes no Mineirão neste sábado para ver o jogo contra o Irã. É o segundo passo da caminhada do time de Messi na busca pelo título mundial. A geração que viu Maradona levantar a taça de 1986, agora espera que o atual camisa 10 da seleção possa brilhar nos gramados brasileiros e se consolidar como um grande ídolo histórico para os seus herdeiros.

Gastón Mirkim veio ao Brasil com seu filho, Matias, e outros familiares. Em 1986, o pai ainda era criança e viu Maradona encantar os gramados da Alemanha Ocidental. "É um ídolo nacional. O maior de todos. Foi uma Copa do Mundo inesquecível", destaca.

Agora, ele crê que Messi está preparado para repetir o que fez Maradona e liderar a Argentina nos campos brasileiros. "Sim. Ele tem o potencial para isso. Vamos ver se concretiza. Tomara que sim", torce.

É a terceira Copa do Mundo que o craque do Barcelona disputa. Em 2014, Gastón vê Messi preparado para triunfar. "Está mais maduro do que nas outras oportunidades".

O garoto Matias deposita toda confiança no camisa 10 argentino. "Não tem Cristiano Ronaldo ou Neymar. O melhor do mundo é Messi. Vou torcer para ele nos dar o título mundial".

David Sahurz e seu filho Tomy também tem a esperança de ver Messi virar a referência para o país que Maradona é. "Maradona é um ídolo total. Futebolisticamente, Messi tem potencial para ser igual e ganhar o título da Copa", afirma.

Ambos participaram da festa no entorno do Mineirão no pré-jogo de Argentina x Irã. O clima de idolatria a Maradona era imenso, proporcional a esperança depositada em Messi.

Thiago de Castro/Superesportes

Tags: geração pai filho copa2014 maradona messi Seleção Argentina Copa do Mundo