SELEÇÃO ARGENTINA

Tata Martino ignora Tevez e testará Pastore contra a Seleção Brasileira na China

Martino chegou a dizer que Tevez tem as portas abertas

postado em 22/09/2014 20:33 / atualizado em 22/09/2014 20:38

AFP PHOTO / KENZO TRIBOUILLARD
Diversos veículos de imprensa argentinos anunciaram, nos últimos dias, que Carlito Tevez voltaria a ter chances na seleção da Argentina no amistoso de 11 de outubro, contra o Brasil, na China. Nesta segunda-feira o técnico Tata Martino revelou a lista de convocados para a partida e o jogador da Juventus não foi chamado.

Martino chegou a dizer que Tevez tem as portas abertas e que deve competir com Gonzalo Higuaín e Sergio Agüero por um lugar na equipe. O atacante da Juventus não é chamado para atuar pela Argentina desde julho de 2011. A imprensa local garante que Tevez e Messi não se dão e, por isso, os seguidos técnicos da equipe tiveram que escolher entre os dois, que sempre negaram as desavenças.

Apesar de deixar Tevez de fora, Martino resolveu dar oportunidades a diversos nomes, como os meias Javier Pastore (PSG), Roberto Pereyra (Juventus), Nicolás Gaitán (Benfica) e Erik Lamela (Tottenham), os defensores Mateo Musacchio (Villarreal) e Santiego Vergini (Sunderland) e o goleiro Nahuel Guzmán (Tigres do México). Só três atacantes foram convocados e Palácio (Boca) deve compor a relação.

A lista divulgada nesta segunda-feira, apenas com jogadores que atuam fora da Argentina, tem 19 nomes e deve ser completada depois com atletas do futebol local. Está na relação a base vice-campeã do mundo: Sergio Romero, Zabaleta, Demichelis, Federico Fernández, Rojo, Mascherano, Biglia, Enzo Pérez, Di Maria, Agüero e Higuaín, além do craque Messi, convocado pela primeira vez por Martino - ele estava fora de forma para os amistosos de setembro.

Segunda colocada no ranking da Fifa, a Argentina tem dois compromissos agendados para outubro. No dia 11, vai enfrentar o Brasil, em Pequim, pelo Superclássico das Américas. Depois, no dia 14, jogará amistoso em Hong Kong contra a seleção local.

Tags: superclassico amistoso argentina brasil selefut martino