SELEÇÃO BRASILEIRA

Diego Tardelli vibra com os primeiros gols pela Seleção Brasileira e título do Superclássico

Atacante atleticano e ex-goleiro cruzeirense garantiram vitória sobre Argentina

postado em 11/10/2014 11:43 / atualizado em 11/10/2014 13:02

AFP PHOTO / FRED DUFOUR
O primeiro Superclássico das Américas disputado fora de Argentina e Brasil será inesquecível não somente para a Seleção Brasileira mas também para um atleticano e um ex-cruzeirense. Em campo, estavam grandes estrelas do futebol mundial: Neymar e David Luiz, pelo lado brasileiro; Messi e Di Maria, pelo argentino. Mas quem brilhou joga em solo tupiniquim. No gol, um inspirado Jefferson fez grandes defesas e parou até mesmo pênalti do quatro vezes melhor do mundo. No ataque, Diego Tardelli marcou os dois gols da vitória por 2 a 0 e garantiu o 11º título do Brasil no torneio.

Tardelli foi convocado oito vezes para defender a Seleção. Dunga o chamou em sete oportunidade e Mano, uma. Em 2009, quando Dunga também era o técnico, o atacante foi chamado para amistoso, contra a Estônia, e partidas das Eliminatórias para a Copa do Mundo da África do Sul de 2010, da qual ficou de fora. Depois da eliminação brasileira no Mundial do ano seguinte, Mano Menezes assumiu e convocou Tardelli apenas uma vez, para amistoso contra os Estados Unidos. Foi somente com a volta de Dunga ao comando técnico que o jogador atleticano teve novas chances.

Neste novo ciclo para a Copa do Mundo de 2018, na Rússia, que envolve as Eliminatórias e a Copa América de 2015, o nome de Diego Tardelli apareceu nas duas listas de Dunga. Ele foi titular nos amistosos contra Colômbia e Equador (ambos vencidos por 1 a 0), mas nunca havia marcado com a camisa amarelinha. E ele marcou logo dois e, ainda por cima, valendo título.

"É uma sensação única, uma alegria enorme poder fazer o primeiro gol, ainda contra Argentina, num grande clássico. Ainda tive a oportunidade de fazer o segundo. Foi o que falei, a ficha vai demorar para cair, na hora que sair daqui, comrçar a afalar com a família, a esposa. Então, a felicidade é grande. Tenho que continuar com o que venho fazendo na Seleção para ficar. Tenho objetivo, que é disputar uma Copa do Mundo, e é bom começar com o pé direito", disse Tardelli logo depois da grande vitória.

O primeiro gol do atacante do Atlético foi aos 27 minutos, aproveitando falha da defesa adversária e pegando de primeira para fazer bonito. O segundo, aos 18 minutos da etapa final, foi de forma incomum: completando de cabeça, após cobrança de escanteio de Oscar e desvio de David Luiz. Quando saiu de campo aos 37 minutos do segundo tempo, o camisa 9 brasileiro foi bastante aplaudido pelos companheiros.

Para que a vitória e o título fossem possíveis, o goleiro Jefferson, revelado pelo Cruzeiro (2000 a 2005), foi fundamental. Além de grandes defesas ao longo da partida, ele chegou a defender um pênalti cobrado por ninguém menos que Messi, aos 40min. Naquele momento, a Argentina empatria a disputa.

Confira a lista de jogos de Tardelli pela Seleção

11/10/2014 - Brasil 2 x 0 Argentina - Superclássico - Titular (saiu aos 37min do 2º tempo) - marcou 2 gols

09/09/2014 - Brasil 1 x 0 Equador - Amistoso - Titular (saiu aos 22min do 2º tempo)

05/09/2014 - Brasil 1 x 0 Colômbia - Amistoso - Titular (saiu aos 32min do 2º tempo)

10/08/2010 - Estados Unidos 0 x 2 Brasil - Amistoso - Reserva (entrou aos 36min do 2º tempo)

14/10/2009 - Brasil 0 x 0 Venezuela - Eliminatórias - Reserva (entrou aos 36min do 2º tempo)

11/10/2009 - Bolívia 2 x 1 Brasil - Eliminatórias - Reserva (entrou no início do 2º tempo)

09/09/2009 - Brasil 4 x 2 Chile - Elminatórias - Reserva (entrou aos 23min do 2º tempo)

12/08/2009 - Estônia 0 x 1 Brasil - Amistoso - Reserva (entrou aos 15min do 2º tempo)

 

 

Tags: diegotardelli selefut atleticomg