SELEÇÃO BRASILEIRA

Parreira diz que 7 a 1 da Alemanha sobre o Brasil foi aleatório: 'Não acontecerá novamente'

Ex-coordenador técnico diz que Seleção não pode 'viver daquele resultado'

postado em 31/10/2014 11:07 / atualizado em 31/10/2014 10:13

AFP PHOTO/VANDERLEI ALMEIDA
Quase quatro meses após a traumática eliminação da Seleção Brasileira na Copa do Mundo de 2014, o assunto segue rendendo declarações na imprensa brasileira. Nesta sexta-feira, o ex-coordenador técnico do Brasil, Carlos Alberto Parreira, afirmou que a derrota por 7 a 1 para a Alemanha na semifinal da competição foi atípica e que não deve se repetir no futuro.

“A participação da Seleção Brasileira foi decepcionante, não foi aquilo que a gente esperava e queria. Aquele 7 a 1 vai marcar para sempre no futebol brasileiro. Mas a gente não pode ficar vivendo daquele resultado. Foi aleatório. Aquilo não vai acontecer novamente. Nunca havia acontecido antes em uma Copa do Mundo um time perder por tanto”, afirmou em entrevista ao Sportv.

O ex-treinador ainda afirmou que no momento da partida não houve como esboçar reações. “Não deu para sentir nada no momento. Você simplesmente não acredita. Parecia uma ficção. O sentimento era esse, de que não era realidade. Foi tão rápido que não deu tempo de fazer nada”, afirmou.

Para o comandante, no entanto, o Brasil sentiu falta de um maior tempo de treinamentos após o fim da primeira fase da competição e sofreu com a falta de ritmo de alguns jogadores que pouco atuavam em seus clubes e que formavam a base do time titular.

“Nossa preparação foi curta. Foram apenas 14 dias. E jogadores como Paulinho, David Luiz, Willian, Oscar, Daniel Alves, Marcelo eram praticamente reservas e não vinham jogando, assim como o Fred, como o Jô, que estavam machucados. Mas como é que iríamos trocá-los? Eles já estavam acostumados, entrosados, dentro de uma forma de jogar. Não tivemos tempo suficiente para prepará-los para a Copa. E esses atletas sentiram muito a falta de ritmo”, disse.

Tags: parreira alemanha brasil Seleção Brasileira