SELEÇÃO BRASILEIRA

Neymar nega relação abalada, mas pede a Thiago Silva cuidado com declarações na Seleção

Jogadores minimizaram polêmica sobre troca de capitão da Seleção Brasileira

postado em 17/11/2014 14:51 / atualizado em 17/11/2014 14:57

Reprodução/Instagram
Thiago Silva amenizou a polêmica envolvendo a braçadeira de capitão da Seleção Brasileira e publicou uma foto ao lado de Neymar para dizer que a amizade entre os dois não foi abalada. O camisa 10 também não deixou de falar sobre o assunto, afirmando que ficou surpreso com a declaração, reforçou o bom relacionamento entre os dois, mas pediu cuidado ao zagueiro nas entrevistas.

“Fiquei surpreso com a declaração. Disse para ele e para todos os jogadores que precisamos ter cuidado com o que falamos. Ele me chamou para uma conversa, mas não abalou em nada a nossa amizade. Levei numa boa. Ele esclareceu e falou que não foi exatamente o que saiu”, explicou Neymar nesta segunda-feira, antes do treinamento da Seleção em Viena.

O camisa 10 também revelou que ainda chama o seu companheiro de “capita”, mesmo usando a braçadeira nos últimos jogos. Ao longo da entrevista, o atacante aproveitou para reforçar que não houve nenhum tipo de briga com Thiago Silva. Neymar promete que usará sua experiência como capitão no Santos para conduzir o grupo, mas não pretende tratar o fato como prioridade.

“Depende da maneira como você leva essa coisa de ser capitão. Não tenho essa coisa como meta. Já fui capitão no Santos por um bom tempo e estou sendo agora. Não quero ser o capitão de qualquer jeito. Mas se eu fui o escolhido, vou tentar exercer essa função da melhor forma”, completou Neymar, que, em ótima fase com a camisa do Barcelona, ganhou a confiança de Dunga.

Nesta terça-feira, às 16 horas (de Brasília), o treinador terá mais um desafio em seu retorno à Seleção Brasileira. Após cinco vitórias em cinco jogos, sem levar nenhum gol, Dunga coloca o bom desempenho à prova contra a Áustria, em Viena. O treinador ainda revelou o time que levará a campo.