SELEÇÃO BRASILEIRA SUB-20

Após desembarcar no Uruguai, Seleção Brasileira Sub-20 treina resistência física

Atividade serviu para reativar musculatura após quatro horas e meia de viagem

postado em 13/01/2015 14:12

Rafael Ribeiro/CBF
Depois de cerca de quinze dias de preparação no Rio de Janeiro (RJ), a delegação da Seleção Brasileira sub-20 chegou na última segunda-feira a Maldonado, no Uruguai, cidade que sediará o Grupo B do Sul-americano da categoria, composto por Brasil, Chile, Colômbia, Uruguai e Venezuela. No primeiro treino após as quatro horas e meia de viagem, o preparador físico Elliot Paes comandou um treino para testar a resistência física dos atletas.

Acompanhando Paes nos trabalhos, o fisiologista Alessandro Fromer – encarregado de cuidar da preparação muscular do grupo – comentou a importância dos treinos físicos. “Além do jogo-treino contra o Macaé-RJ, os jogadores ficaram um bom tempo sentados levando em conta o trajeto de avião e ônibus. Daí a importância de fazer uma atividade moderada para que ative a musculatura e acelere a recuperação”, falou.

Desde de o dia 26 de dezembro, quando o técnico Alexandre Gallo deu início à preparação dos atletas – interrompida apenas na passagem do ano –, Fromer reúne dados específicos sobre cada um dos 23 jogadores que compõem a delegação do Sul-americano. “A frequência cardíaca é utilizada para monitorar a carga de treino. Com isso identificamos se eles estão cumprindo o programado ou precisam de alguma adaptação individual, visando sempre à evolução do rendimento dos atletas”, ponderou o fisiologista.

Com apenas Gabriel Boschillia de fora, meia-atacante do São Paulo que foi cortado às vésperas da viagem, a Seleção Brasileira trabalhada focada na estreia do Sul-americano, diante do Chile, na quinta-feira, a partir das 20h (de Brasília). Ao menos nos jogos-treino disputados no Brasil, o grupo conseguiu um bom retrospecto, vencendo o Friburguense por 3 a 1, na última sexta, e o Macaé por 2 a 1, no último sábado.