CRUZEIRO TETRACAMPEÃO

CRUZEIRO

Cruzeirenses comemoram título em churrascaria e já pensam na decisão da Copa do Brasil

Campeão brasileiro de 2014, clube celeste mal tem tempo para celebrar. Na quarta-feira, haverá o clássico contra o Atlético, que pode valer mais um troféu nacional

postado em 23/11/2014 22:43 / atualizado em 23/11/2014 23:50

Redação /Superesportes

Leandro Couri/EM/D.A Press

Depois do título, a picanha. A merecida celebração do tetracampeonato do Cruzeiro aconteceu em uma churrascaria na Savassi, Região Centro-Sul de Belo Horizonte. Muitos torcedores marcaram presença no local neste domingo e aproveitaram para tietar os ídolos. Tiraram fotos, receberam autógrafos e entoaram gritos de incentivo e agradecimento. Para os atletas celestes, vale comemorar domingo, segunda e terça. Na quarta-feira, entretanto, é hora de pausar os ânimos e focar na decisão da Copa do Brasil, contra o Atlético, no Mineirão.

“A gente tem que ser o Cruzeiro no sentido de sempre estar motivado, e, além de tudo, não entrar no oba-oba dos torcedores. Até porque eles vão querer que ataquemos de qualquer jeito, mas precisamos colocar a bola no chão, dentro das nossas características. Até mesmo para tentar fazer um gol de cada vez. Temos totais condições de buscar essa vitória no Mineirão e quem sabe poder dar mais uma volta olímpica”, afirma o volante Nilton, em entrevista ao Sportv.

Leo tem pensamento semelhante ao do colega. Mas antes de pensar no Atlético, prefere enaltecer a quarta conquista celeste, garantida com a vitória por 2 a 1 sobre o Goiás.

Leandro Couri/EM/D.A Press
“Temos que comemorar sim. Hoje, amanhã... e depois pensar na quarta-feira. Mas temos que comemorar sim. É um campeonato importante, muito difícil, complicado, 38 rodadas, um dos mais difíceis do mundo. Temos que comemorar sim. Tão difícil, com tanta luta... mas na segunda-feira já temos que pensar na quarta, outra final, que é o que já esperávamos”, diz o zagueiro.

O técnico Marcelo Oliveira lembrou sua chegada ao Cruzeiro, quando foi questionado por integrantes de uma torcida organizada, que preferiam a contratação de outro treinador. Consciente nas palavras, Marcelo acredita que o esforço e o trabalho foram coroados com os dois títulos consecutivos.

“É gratificante. Pelo futebol em si e também pela forma em que chegamos no Cruzeiro. Houve uma manifestação (contrária), mas passamos a trabalhar muito em conjunto com diretoria e comissão, jogadores... Agora fomos coroados com os dois títulos consecutivos. É importante, é difícil. Agora é comemorar e depois pensar na Copa do Brasil quarta-feira”, observa o comandante.

Até o fim da noite, cerca de 200 pessoas aguardavam a saída dos elenco celeste em frente à churrascaria. Assim, a Polícia Militar teve que fechar o quarteirão da Rua Sergipe para evitar possíveis aglomerações ou tumultos.

No Brasileiro, o Cruzeiro tem sete pontos de vantagem sobre o segundo colocado São Paulo: 76 a 69. Restam duas rodadas para o término da competição. Já na Copa do Brasil, a missão é árdua: o time precisa vencer por três gols de diferença na quarta-feira para ser campeão. No jogo de ida, o Atlético triunfou no Independência, por 2 a 0.

Tags: crut seriea churrascaria