UAI

2

Atlético-GO vence de virada e deixa Juventude na lanterna da Série A

Equipe goiana sofreu gol ainda no primeiro tempo, mas fez três na segunda etapa e se distancia do Z4

19/06/2022 20:09 / atualizado em 19/06/2022 21:23
compartilhe
Vitória leva o Atlético-GO para a 12ª posição e deixa o Juventude na lanterna do Brasileiro
foto: Fernando Alves/Juventude

Vitória leva o Atlético-GO para a 12ª posição e deixa o Juventude na lanterna do Brasileiro

Neste domingo, o Atlético-GO ganhou do Juventude, por 3 a 1, em casa, pela 13ª rodada do Campeonato Brasileiro. Rodrigo Soares fez para os visitantes no Estádio Antônio Accioly, mas Airton, Wellington Rato e Léo Pereira comandaram a virada dos mandantes.

Com o resultado, o Dragão subiu para a 12ª posição e soma 16 pontos. O time de Caxias do Sul, que tem dez, caiu para a lanterna do Brasileirão Série A.

O Atlético-GO retorna aos gramados na quarta-feira, às 19 horas (de Brasília), quando recebe o rival Goiás pelo jogo de ida das oitavas de final da Copa do Brasil. O Juventude, por sua vez, visita o São Paulo, pelo Brasileirão, no próximo domingo, às 18 horas.

O jogo - O Atlético-GO, sob o comando de Jorginho, dominou o primeiro tempo, mas, apesar disso, saiu em desvantagem. Aos 22 minutos, o Juventude de Eduardo Baptista abriu o placar com um golaço de Rodrigo Soares. Ele recebeu a bola de primeira, bateu de canhota e acertou o ângulo direito do goleiro, que sequer se mexeu. O time da casa teve a chance de empatar aos 36, mas Marlon Freitas desperdiçou penalidade máxima.

O início da etapa complementar contou com a expulsão de Willian Matheus. Com a pressão crescente do Dragão, foi apenas uma questão de tempo até o Ju levar o empate. Aos 13, Airton recebeu cruzamento rasteiro de Marlon Freitas e, após rebatida, só concluiu para o fundo da meta. Quatro minutos depois, Wellington Rato desviou na pequena área e garantiu a virada com tons dramáticos. A bola acertou a trave direita, rolou em cima da linha, bateu no poste esquerdo e estufou as redes.

À frente no marcador, o Atlético-GO seguiu atacante o adversário e perdeu algumas chances. Aos 28, Churín saiu cara a cara com o goleiro, mas chutou para fora. No minuto seguinte, Marlon, da marca do pênalti, acertou o travessão. Jorginho, aos 37, finalizou para bela defesa de César, que desviou a bola.

No entanto, apesar das chances desperdiçadas, os mandantes ampliaram o marcador a vantagem aos 40 minutos com um golaço. Pela direita, Airton arrancou do campo defensivo, deixou dois marcadores para trás e rolou para Léo Pereira, que completou para o fundo da meta e sacramentou a vitória por 3 a 1.

ATLÉTICO-GO 3 x 1 JUVENTUDE

Atlético-GO
Ronaldo; Hayner, Ramon, Edson Felipe e Jefferson; Marlon Freitas (Gabriel Noga) e Baralhas (Edson Fernando); Wellington Rato, Jorginho e Luiz Fernando (Airton); Diego Churín (Léo Pereira)
Técnico: Jorginho

Juventude
César; Rodrigo Soares, Rafael Forster, Thalisson Kelven e William Matheus; Chico Kim (Guilherme Parede), Jean Irmer (Elton) e Jadson (Darlan); Óscar Ruiz (Paulo Henrique), Ricardo Bueno e Capixaba (Paulinho Moccelin)
Técnico: Eduardo Baptista

Gols: Airton, aos 13 minutos do 2º tempo, Wellington Rato, aos 17 minutos do 2º tempo e Léo Pereira, 40 minutos do 2º tempo (Atlético-GO); Rodrigo Soares, aos 22 minutos do 1º tempo (Juventude)

Cartões amarelos: Hayner e Baralhas (Atlético-GO); César, Ricardo Bueno e Capixaba (Juventude)
Cartão vermelho: William Matheus (Juventude)

Local: Estádio Antônio Accioly, em Goiânia (GO)
Data: 19 de junho de 2022 (domingo)
Horário: 18 horas (de Brasília)

Árbitro: Marcelo de Lima Henrique (CE)
Assistentes: Nailton Junior de Sousa Oliveira (CE) e Luanderson Lima dos Santos (BA)
VAR: José Claudio Rocha Filho (Fifa-SP)

Compartilhe