UAI

2

Nikão se despede e agradece ao Athletico-PR: 'Mudou minha história'

Meia-atacante está com acerto encaminhado para se transferir para o São Paulo

08/01/2022 20:46 / atualizado em 08/01/2022 21:55
compartilhe
Nikão publicou texto agradecendo ao Athletico-PR após sete anos e mais de 300 jogos pelo clube
foto: Miguel Locatelli/Athletico-PR

Nikão publicou texto agradecendo ao Athletico-PR após sete anos e mais de 300 jogos pelo clube

Nikão se despediu do Athletico-PR neste sábado em suas redes sociais. Encaminhado no São Paulo, o meia-atacante escreveu um longo texto para demonstrar sua gratidão pelos sete anos que defendeu o Furacão e se tornou, para muitos, um dos maiores jogadores da história do clube.

"A minha história é essa, todo mundo já sabe. O Athletico mudou minha história profissional, sei que de alguma forma também nesses sete anos mudei a história do clube", escreveu Nikão.

Pelo Athletico-PR Nikão conquistou dois Campeonatos Paranaenses, uma Copa do Brasil, uma J League/Conmebol e duas Copas Sul-Americanas, com direito a um gol de placa na final contra o Red Bull Bragantino, em Montevidéu, no ano passado.

"Esse ano completo sete anos de clube. Foram mais de 300 jogos, sete temporadas procurando dar o meu melhor, procurando fazer com que o clube crescesse ainda mais", prosseguiu Nikão.

"Desde meu primeiro jogo com a camisa do clube senti essa energia, essa vibração que só o torcedor athleticano tem. Sem dúvida nenhuma [meu gol mais marcante pelo Athletico] foi esse da final da Sul-Americana".

Depois de tanto tempo na mesma casa, Nikão, aos 29 anos, agora vai em busca de novos ares, tentando se provar como jogador fora de Curitiba. Mas, embora não vista mais a camisa do Athletico-PR, seu coração, ele garante, não deixará de ser rubro-negro.

"O Athletico é um clube que mudou minha vida, em que vivi momentos épicos e serei grato para o resto da minha vida. Hoje eu posso olhar para trás e ver todo crescimento, me sinto muito feliz e honrado de tudo que o clube está conquistando. Clube que eu entro como jogador e saio como torcedor", concluiu.

Compartilhe