UAI

2

Com auxiliar no comando, Athletico bate o Ceará e se recupera no Brasileiro

Ainda sem novo treinador, Furacão vence com gol do lateral-esquerdo Abner, na Arena da Baixada, e ocupa o 11º lugar. Vozão é o 16º

07/05/2022 22:53
compartilhe
Abner celebra o gol que garantiu o triunfo do Furacão na Arena da Baixada
foto: Fabio Wosniak/athletico.com.br

Abner celebra o gol que garantiu o triunfo do Furacão na Arena da Baixada


Ainda sem novo treinador à beira do campo, o Athletico venceu o Ceará por 1 a 0, na noite deste sábado, em duelo válido pela quinta rodada da Série A do Brasileirão. Abner marcou o gol da partida que aconteceu na Arena da Baixada. O Furacão foi comandado no banco pelo auxiliar Wesley Carvalho. 

Com o resultado, o Furacão fica na 11ª  posição com seis pontos somados. Enquanto isso, a equipe cearense ocupa o o 16° lugar, com três pontos.

O Athletico volta a campo na próxima terça-feira para enfrentar o Tocantinópolis pelo jogo de volta da Copa do Brasil, às 21h30 (de Brasília). O Ceará também volta a atenção para a mesma competição na quarta-feira, quando enfrenta o Tombense, às 19h. Já pelo Brasileirão, os times entram em campo no sábado. O rubro negro enfrenta o Fluminense, às 21h, fora de casa, enquanto o alvinegro recebe o Flamengo, às 16h30.

O JOGO

Vindo de uma derrota na competição e precisando vencer para se recuperar, o Athletico-PR iniciou a partida arriscando logo no primeiro minuto. Cannobio saiu para o ataque, invadiu a área, mas foi bloqueado pela defesa cearense. Na sequência, Vina tentou de fora da área e viu Bento defender sem muitas dificuldades. Terans levou perigo, mas João Ricardo caiu certo para fazer a defesa.

No entanto, o duelo seguiu um pouco travado sem muitas chances criadas para ambos os lados. O rubro-negro tentou balançar a rede, mas não teve efetividade nas finalizações encontrou dificuldades para invadir a área do Ceará. Por outro lado, o Alvinegro assustou Bento aos 22 em um contra-ataque. Mendoza achou Lima bem posicionado e tocou para ele, mas na finalização, o camisa 45 mandou por cima. Já na reta final deste primeiro tempo, Vitinho assustou João Ricardo, que espalmou a bola para fora.

O Athletico conseguiu boa jogada aos 3 minutos da etapa final e abriu o placar com Abner. Matheus Fernandes recebeu de Cannobio e tentou finalizar, mas mandou em cima do goleiro. A bola sobrou para Abner, que finalizou com espaço para balançar a rede. Logo em seguida, o árbitro marcou uma penalidade em cima de Vitor Roque, que foi derrubado por Gabriel Lacerda na área. Terans cobrou e João Ricardo levou a melhor, evitando o segundo gol.

Ainda buscando o placar, o Ceará levou perigo duas vezes com Lindoso, de fora da área, assustando Bento. Pelo lado rubro-negro, Vitinho também fez João Ricardo trabalhar. Aos 30, Lima quase deixou tudo igual. Ele se livrou da marcação, invadiu a área e chutou ao gol e Erick conseguiu fazer o corte e evitar o empate. Nos minutos finais, Lima tentou de cabeça, mas mandou para fora.

ATHLETICO 1 x 0 CEARÁ


ATHLETICO
Bento; Abner, Matheus Felipe, Pedro Henrique e Erick; Hugo Moura (Khellven), David Terans (Léo Cittadini) e Bryan García (Matheus Fernandes); Canobbio, Vitinho (Cuello) e Marcelo Cirino (Vitor Roque)
Técnico: Wesley Carvalho (auxiliar)

CEARÁ
João Ricardo; Michel Macedo (Nino Paraíba), Gabriel Lacerda, Lucas Ribeiro e Bruno Pacheco (Zé Roberto); Richard Coelho, Geovane (Victor Luís) e Rodrigo Lindoso; Lima, Mendoza (Dentinho) e Vina
Técnico: Dorival Júnior

Local: Arena da Baixada, em Curitiba (PR)
Data: 7 de maio de 2022, sábado
Árbitro: Leandro Pedro Vuaden (RS)
Assistentes: Jorge Eduardo Bernardi e José Eduardo Calza (RS)
VAR: Daiane Caroline Muniz dos Santos (SP)
Cartões amarelos: Pedro Henrique, Vitor Roque, Hugo Moura, Vitinho e Bento (Athletico-PR); João Ricardo, Bruno Pacheco e Rodrigo Lindoso (Ceará)
GOL: Abner, aos 3min do 2ºT

Compartilhe