UAI

2

Athletico bate o Juventude de virada em Caxias do Sul e sobe no Brasileiro

Furacão sai atrás, mas busca importante vitória fora de casa ao virar para 3 a 1 sobre o time gaúcho no Estádio Alfredo Jaconi

08/06/2022 21:10 / atualizado em 09/06/2022 12:48
compartilhe
Terans fez o gol da virada para o Athletico, que somou mais três pontos
foto: José Tramontin/athletico.com.br

Terans fez o gol da virada para o Athletico, que somou mais três pontos


O Athletico venceu o Juventude por 3 a 1 nesta quarta-feira, no Estádio Alfredo Jaconi, em Caxias do Sul, pela 10ª rodada do Campeonato Brasileiro. O Furacão saiu atrás mo placar, mas buscou o empate ainda na primeira etapa e, no segundo tempo, conquistou a virada. Jadson marcou para os mandantes, enquanto Pablo, Terans e Vitor Bueno garantiram o triunfo fora de casa ao rubro-negro.



Com o resultado, o Furacão salta na tabela e briga pelas primeiras posições, com 16 pontos. Já o Juventude fica na zona de rebaixamento, ocupando a 18ª colocação, com 10 pontos.

O Athletico volta a campo no domingo, às 19h, para enfrentar o Fortaleza, no Castelão. Do outro lado, o Juventude joga no sábado, às 16h30, contra o Corinthians, também fora de casa.

O JOGO


A primeira etapa foi marcada pelo domínio do time da casa. Empurrado pela sua torcida, o Juventude criou as melhores oportunidades e, assim, obrigou Bento a fazer duas defesas logo nos primeiros sete minutos. Aos 13, Yuri Lima acertou o travessão, mas o lance já havia sido paralisado pelo árbitro, que marcou falta de ataque.

O time da casa seguiu no ataque e, dessa forma, até os zagueiros Rafael Forster e Vitor Mendes levaram perigo para o Furacão aos 20 minutos. Aos 37 minutos, a insistência deu resultado quando Jadson aproveitou cobrança de lateral e bateu para o fundo das redes, colocando o Juventude na frente.

A vantagem, no entanto, durou pouco. Aos 47 minutos, Terans acertou belo passe para Pablo. O atacante do Athletico saiu cara a cara com César e, assim, bateu na saída do goleiro para empatar a partida e levar o jogo para o intervalo com 1 a 1 no placar.

Na volta do intervalo, o Papo seguiu jogando no ataque, enquanto o Furacão buscou os contragolpes. Aos quatro minutos, Paulo Henrique bateu para fora e, na sequência, Vitor Gabriel quase fez o gol, mas Nicolas Hernández salvou os visitantes.

Quem balançou as redes, porém, foi o Athletico. Aos 17 minutos, Léo Cittadini aproveitou erro da defesa e, em sua primeira participação no jogo, serviu Terans. O uruguaio driblou a defesa e bateu para o fundo das redes para conquistar a virada.

O Juventude seguiu pressionando em busca do empate, mas sem sucesso. Nos minutos finais, até o goleiro César subiu ao ataque para ajudar os mandantes.

O Athletico, porém, conseguiu o contragolpe aos 53 minutos e pegou a defesa desarrumada. Assim, o time trocou passes em frente ao gol e Vitor Bueno empurrou para o fundo das redes, dando números finais ao jogo.



JUVENTUDE 1 x 3 ATHLETICO


JUVENTUDE
César; Paulo Henrique (Rômulo), Vitor Mendes, Forster, Moraes; Yuri Lima, Jadson (Marlon), Jean (Ricardo Bueno) e Chico (Capixaba); Vitor Gabriel e Pitta (Óscar Ruíz) 
Técnico: Eduardo Baptista

ATHLETICO
Bento; Khellven, Pedro Henrique, Nico Hernández (Matheus Felipe), Abner Vinicius; Hugo Moura, Matheus Fernandes (Marcelo Cirino) e Terans (Vitor Bueno); Pedro Rocha (Léo Cittadini), Cuello (Erick) e Pablo
Técnico: Felipão

Local: Alfredo Jaconi, em Caxias do Sul (RS)

Data: 08 de junho de 2022, quarta-feira

Árbitro: Luiz Flavio de Oliveira

Assistentes: Danilo Ricardo Simon Manis e Evandro de Melo Lima

Cartões amarelos: Rômulo e Jean (JUV) Bento, Pedro Henrique e Pablo (CAP)

GOLS: Jadson, aos 37, Pablo, aos 47min do 1ºT; Terans, 17, e Vitor Bueno, aos 53min do 2ºT

Compartilhe