UAI

2

Athletico volta a vencer o Bahia e se garante nas quartas da Copa do Brasil

Furacão sai atrás na Arena da Baixada, mas busca virada e replete o placar do jogo de ida, em Salvador, para avançar na competição

12/07/2022 23:04 / atualizado em 13/07/2022 12:03
compartilhe
Athletico levou susto em casa, mas virou sobre o Bahia e se classificou
foto: José Tramontin/athletico.com.br

Athletico levou susto em casa, mas virou sobre o Bahia e se classificou


Pela partida de volta das oitavas de final da Copa do Brasil, o Athletico recebeu o Bahia na Arena da Baixada, em Curitiba, na noite desta terça-feira e venceu por 2 a 1. Com gol de Matheus Davó, a equipe baiana saiu na frente, mas Erick e Rômulo viraram para o Furacão, que se garantiu na próxima fase.



Assim, pela vitória fora de casa por 2 a 1 no duelo de ida, o time treinado por Felipão somou 4 a 2 no placar agregado e conquistou a classificação nas quartas de final da competição.

Como a Copa do Brasil é realizada em sorteios, o Athletico ainda não sabe quem será o seu adversário na fase seguinte. Portanto, se preocupa com o Internacional, adversário deste sábado, pelo Brasileirão, às 16h30 (de Brasília). Do outro lado, o Bahia volta a campo no mesmo dia, mas um pouco mais tarde - a partir das 18h30 -, contra o Guarani.

O JOGO


Mesmo jogando longe de seus domínios, o Bahia sabia que precisava marcar o gol para seguir vivo na competição e, então, partiu para cima. Logo aos quatro minutos, no segundo ataque da equipe, Matheus Davó abriu o placar. Após cobrança de escanteio, Patrick de Lucca desviou de chaleira e o atacante, de puxeta, marcou um golaço.

Oito minutos depois, o clube nordestino chegou mais uma vez. Davó ganhou disputa com Hugo Moura e cruzou para a pequena área. Gabriel Xavier, sozinho, mandou por cima do travessão e desperdiçou grande chance.

Aos 18 minutos, Davó mostrou novamente estar afim de jogo e assustou novamente. O camisa 88 roubou de Pedro Henrique no campo ofensivo, mas finalizou em cima de Bento. Aos 24, o jogador teve nova chance, mas acertou o goleiro adversário novamente.

Na volta do intervalo, o Bahia chegou mais uma vez logo no primeiro minuto. Matheus Bahia entrou na área e chutou cruzado. Bento espalmou, mas André, no rebote, mandou por cima.

O Athletico, por sua vez, levou perigo duas vezes nos minutos 21 e 22. Primeiro, Erick tentou tabelar com Pablo, a bola sobrou para ele, que foi travado na hora do chute. No lance seguinte, Cuello bateu falta bem fechada perto da linha de fundo, mas subiu demais.

Dez minutos depois, o gol do empate - e da classificação - saiu. Após cobrança de escanteio de Terans, o volante Erick se antecipou à defesa do Bahia e conseguiu o chute na primeira trave. A bola passou por todo mundo e morreu dentro do canto esquerdo do gol baiano.

Já nos acréscimos, na altura do minuto 48, o Athletico sacramentou a vaga com a virada. No contra-ataque, Cuello encontrou Terans para entrar na área e, na saída do goleiro, rolar para Rômulo apenas empurrar para o fundo do gol.

ATHLETICO 2 x 1 BAHIA


ATHLETICO
Bento; Khellven, Pedro Henrique (Matheus Felipe), Nicolás Hernández e Abner Vinícius (Pedrinho); Hugo Moura, Erick e Terans; Pedro Rocha (Cuello), Pablo (Matheus Fernandes) e Cannobio (Rômulo)
Técnico: Luiz Felipe Scolari

BAHIA
Danilo Fernandes; Gabriel Xavier (Zé Vitor), Ignácio e Luiz Otávio; André (Douglas Borel), Patrick de Lucca, Lucas Mugni, Daniel (Rodallega) e Matheus Bahia; Raí Nascimento (Vitor Jacaré) e Matheus Davó (Marcelo Ryan)
Técnico: Enderson Moreira

Local: Arena da Baixada, em Curitiba (PR)

Data: 12 de julho de 2022, terça-feira

Árbitro: Marcelo de Lima Henrique (CE)

Assistentes: Eduardo Gonçalves da Cruz (MS) e Nailton Junior de Sousa Oliveira (CE)

VAR: Rodrigo Nunes de Sa (RJ)

Cartões amarelos: Gabriel Xavier, Vitor Jacaré (Bahia); Pablo, Luiz Felipe Scolari (Athletico-PR)

GOLS: Davó, aos 4min do 1ºT; Erick, aos 32, e Rômulo, aos 48min do 2ºT

Compartilhe