UAI

2

Fluminense perde para o Olimpia nos pênaltis e está fora da Libertadores

Tricolor não aproveita vantagem, leva 2 a 0 e ainda cai na disputa de penalidades

16/03/2022 23:55 / atualizado em 17/03/2022 08:36
compartilhe
Olimpia foi premiado pelo esforço, tirou a vantagem do Fluminense e venceu nos pênaltis
foto: Nathalia Aguilar/AFP

Olimpia foi premiado pelo esforço, tirou a vantagem do Fluminense e venceu nos pênaltis


O sonho da fase de grupos da Copa Libertadores de 2022 acabou para o Fluminense. Os tricolores foram eliminados pelo Olimpia, nesta quarta-feira, no Estádio Defensores del Chaco, em Assunção. Os paraguaios venceram no tempo normal por 2 a 0. Na disputa por pênaltis, o Olimpia fez 4 a 1 e avançou na competição.


O Fluminense não teve boa atuação e viu o Olimpia abrir o placar no primeiro tempo, com Recalde. Na etapa final, os donos da casa marcaram com Paiva, já no fim. O tricolor ainda perdeu o zagueiro Nino, expulso após cometer falta na entrada da grande área. Nos pênaltis, brilhou a estrela do goleiro Gastón Olveira, que defendeu as cobranças de Willian e Felipe Melo. Derlis González converteu e classificou o time paraguaio: 4 a 1.

O JOGO

O Olimpia começou a partida tentando pressionar em busca do gol. No entanto, o Fluminense conseguiu impedir as boas ações dos donos da casa. Tanto que os paraguaios só assustaram aos 18 minutos, em chute de Gamarra que parou em Fábio.

O panorama da partida seguiu o mesmo. O Olimpia voltou a assustar em chute de Salcedo, aos 29 minutos. Mais uma vez, Fábio fez a defesa. Só que aos 35, os paraguaios abriram o placar. Alejandro Silva foi lançado, escorou de cabeça para Recalde cabecear para a rede.

O revés fez o Fluminense ir ao ataque. Os tricolores quase empataram aos 41 minutos, em chute de Germán Cano. Os cariocas ainda tiveram mais posse de bola, mas foram para o intervalo atrás no placar em Assunção.

No segundo tempo, o Olimpia manteve a postura ofensiva, mas novamente parava na boa marcação do Fluminense. Os tricolores buscavam os contra-ataques, sem sucesso.

O Olimpia assustou em chute de Salcedo que parou em Fábio. Já o Fluminense desperdiçou chance incrível aos 20 minutos, quando Gabriel Teixeira ficou de frente para Olveira, mas finalizou para grande defesa do goleiro paraguaio.

O lance fez o Fluminense melhorar na partida. Só que aos 34 minutos, os tricolores ficaram com um jogador a menos quando Nino cometeu falta na entrada da área e foi expulso.

A partir dai, o Olimpia foi para cima em busca do gol. De tanto insistir, os paraguaios chegaram ao segundo gol aos 43 minutos. Após grande defesa de Fábio, a bola sobrou para Paiva mandar para a rede.

Nos minutos finais, os donos da casa mantiveram a pressão e quase marcaram nos acréscimos. Camacho aproveitou cruzamento e chutou para o gol. David Braz apareceu em cima da linha para salvar o Fluminense. Assim, o duelo foi ser decidido nos pênaltis.

Na disputa por pênaltis, Olveira foi o herói ao defender as cobranças de Willian e Felipe Melo. O Olimpia marcou em suas quatro cobranças para sacramentar a classificação para a Fase de Grupos.


OLIMPIA 2 (4) x 0 (1) FLUMINENSE


OLIMPIA
Gastón Olveira, Otálvaro, Salcedo, Antolín Alcáraz e Mateo Gamarra (González); Alejandro Silva (Paiva), Marcos Gómez (Zárate), Richard Ortiz e Fernando Cardozo (Quintana); Recalde (Camacho) e Derlis González
Técnico: Júlio Cáceres

FLUMINENSE
Fábio, Calegari, Nino, David Braz, Cris Silva; Felipe Melo, André e Martinelli; Luiz Henrique (Willian Bigode), Arias (Gabriel Teixeira) (Luccas Claro) e Germán Cano (Pineida)
Técnico: Abel Braga

Local: Estádio Defensores del Chaco, em Assunção (Paraguai)
Data: 16 de agosto de 2022 (Quarta-feira)
Árbitro: Roberto Tobar (Chile)
Assistentes: Cristian Schimann (Chile) e Claudio Ríos (Chile)
Cartões amarelos: Cardozo, Olveira, Gomez, Salcedo e Ortiz (Olimpia); David Braz e Cristiano (Fluminense)
Cartão vermelho: Nino (Fluminense)
GOLS: Recladde, aos 35min do 1ºT; Paiva, aos 43min do 2ºT

Compartilhe