UAI

2

Fluminense empata com o Flamengo e fica com o título do Campeonato Carioca

Tricolor segura o rubro-negro e ainda perde pênalti com Cano, defendido por Hugo Souza, mas faz a festa no Maracanã

02/04/2022 20:24 / atualizado em 02/04/2022 21:13
compartilhe
Cano festeja o gol que garantiu o título ao Fluminense: tricolor é campeão depois de 10 anos
foto: Maílson Santana/Fluminense

Cano festeja o gol que garantiu o título ao Fluminense: tricolor é campeão depois de 10 anos


O Fluminense destronou o Flamengo e conquistou o título do Campeonato Carioca. Neste sábado, com uma atuação consistente, o Flu empatou por 1 a 1 e fez a festa no Maracanã, após vencer o jogo de ida por 2 a 0. O Tricolor faturou o Estadual pela 32ª vez.



Com a vantagem construída na primeira partida, o Fluminense fez uma partida segura e conseguiu dar a resposta após sair atrás do placar. Cano ainda perdeu um pênalti que poderia deixar a situação tricolor ainda mais tranquila.



O Flamengo, pressionado pela necessidade de vencer por dois gols de diferença para levar a decisão para os pênaltis, sucumbiu. A atuação rubro-negra tecnicamente foi ruim. A estratégia de apostar em bolas longas também não funcionou. Após a sequência de três títulos estaduais seguidos, o Fla viu o que seria um tetracampeonato histórico frustrado.

O técnico Paulo Sousa amarga o segundo vice-campeonato seguido pelo Flamengo - já havia perdido a Supercopa do Brasil para o Atlético, nos pênaltis. O comandante português já sofre críticas à frente do clube rubro-negro.

Já Abel Braga dá resposta no Fluminense após um momento delicado na temporada, em que caiu na fase preliminar da Libertadores. O técnico, por sinal, tira o Tricolor da fila do Estadual. O Flu não ganhava o Carioca desde 2012, justamente com Abel.

O Fluminense, agora, vai jogar pela Copa Sul-Americana: recebe o Oriente Petrolero, da Bolívia, nesta quarta-feira, às 19h15 (de Brasília), no Maracanã. Já o próximo compromisso do Flamengo é a estreia na Libertadores, contra o Sporting Cristal, do Peru, fora de casa, nesta terça-feira, às 21h30 (horário de Brasília).



O JOGO


O Fluminense deu um calor no Flamengo no começo do jogo. Após rebote de cruzamento, Cris Silva emendou, mas viu a bola explodir em Gustavo Henrique. Com a vantagem, o Tricolor esfriava o jogo e gastava o tempo.

O Flamengo encontrava dificuldade para criar. As peças ofensivas não se acertavam. O tempo era inimigo. O Fluminense, com mais posse de bola, controlava o jogo. Entretanto, o trio rubro-negro enfim apareceu. Aos 28, Bruno Henrique desviou pelo alto e achou Arrascaeta. O uruguaio se livrou de Manoel e cruzou para Gabigol fazer 1 a 0.

O Fluminense assustou com David Braz. Ele arriscou do meio de campo. A bola pegou efeito e quase surpreendeu Hugo, mas saiu. A resposta rubro-negra foi com Arrascaeta. O meia aproveitou erro na saída de bola tricolor e chutou da entrada da área, com perigo, para fora.

O Tricolor chegou ao empate na reta final, aos 43. Em trama pela esquerda, Arias cruzou e Cano completou. A bola desviou em Filipe Luís e entrou: 1 a 1. Protagonista do primeiro jogo, com dois gols, o artilheiro recuperou a vantagem construída na partida de ida.

O Fluminense ficou na bronca com a arbitragem de Bruno Arleu de Araújo no começo da etapa final. David Luiz errou na saída de bola e faz falta. Ele já tinha amarelo. O árbitro, contudo, não puniu novamente o zagueiro rubro-negro.

Paulo Sousa fez a primeira mudança no Flamengo. Ele colocou Everton Ribeiro no lugar de Andreas Pereira. O Flu foi mais efetivo. Yago lançou Cano. O artilheiro tentou driblar Filipe Luís e a bola bateu na mão do lateral-esquerdo. O VAR, comandado por Carlos Eduardo Nunes Braga, recomendou a revisão do lance. Pênalti. Hugo defendeu a cobrança de Cano, aos 17 minutos.

A defesa de Hugo Souza deu novo ânimo ao Flamengo. O clube rubro-negro foi para cima do Fluminense. Contudo, a pressão não surtiu efeito. O Flu se defendeu bem. No fim, confusão. Fred, que havia entrado, e Bruno Henrique se estranharam e foram expulsos. Os dois quase brigaram na saída de campo e precisaram ser contidos. A bola demorou um pouco, mas voltou a rolar. O Flu segurou o empate e conquistou o Campeonato Carioca.

FlUMINENSE 1 x 1 FLAMENGO


FLUMINENSE
Fábio; Manoel, Nino e David Braz; Calegari (David Duarte), André, Yago Felipe (Nonato), Ganso (Martinelli) e Cris Silva; Jhon Arias (Luiz Henrique) e Germán Cano (Fred)
Técnico: Abel Braga

FLAMENGO
Hugo Souza; Rodinei (Matheuzinho), Gustavo Henrique (Willian Arão), David Luiz e Filipe Luís; João Gomes, Andreas Pereira (Everton Ribeiro), Arrascaeta e Lázaro (Pedro); Bruno Henrique e Gabigol
Técnico: Paulo Sousa

Local: Maracanã, Rio de Janeiro
Data: 02/04/2022, sábado
Público e renda: 67.754 presentes / R$ 2.938,488,00
Árbitro: Bruno Arleu de Araújo
Assistentes: Daniel do Espírito Santo Parro e Carlos Henrique Alves de Lima Filho
VAR: Carlos Eduardo Nunes Braga
Cartão amarelo: Gabigol, David Luiz, Filipe Luís, João Gomes e Pedro (Flamengo) e David Braz, Cris Silva e André (Fluminense)
Cartão vermelho: Fred (Fluminense) e Bruno Henrique (Flamengo)
GOLS: Gabigol, aos 28, e Gemán Cano, aos 43min do 1ºT

Compartilhe