UAI

2

Sem dificuldade, Fluminense bate o Oriente Petrolero na Copa Sul-Americana

Fluminense aproveita mando de campo no Maracanã e aplica 3 a 0 em time boliviano

06/04/2022 21:59 / atualizado em 06/04/2022 23:17
compartilhe
Fluminense se impõe no Maracanã e não dá chance aos bolivianos
foto: Mauro Pimentel/AFP

Fluminense se impõe no Maracanã e não dá chance aos bolivianos



O Fluminense estreou com vitória na Sul-Americana. Os tricolores passaram por 3 a 0 pelo Oriente Petrolero, da Bolívia, nesta quarta-feira, no Maracanã. Com o resultado, os cariocas assumiram a liderança do grupo H, com três pontos. Os bolivianos ficam na lanterna, sem pontuar.

Os donos da casa dominaram os 90 minutos e encaminharam a vitória no primeiro tempo, com gols de Cris Silva e Arias. Na etapa final, Zazpe, contra, marcou o terceiro dos tricolores.



Na próxima rodada, o Fluminense viaja para enfrentar o Junior-COL, na quarta-feira, em Barranquilha. No dia anterior, o Oriente Petrolero recebe o Unión-ARG, em Santa Cruz de la Sierra.

O JOGO

O Fluminense pressionou o Oriente Petrolero desde os primeiros minutos minutos. No entanto, os tricolores tinham dificuldades em criar boas chances de gol.

Os bolivianos tiveram chance de abrir o placar quando a defesa bobeou e viu Suárez finalizar para boa defesa de Fábio. A resposta do Fluminense veio em grande estilo, aos 29 minutos. Yago chutou de fora da área, Quiñonez espalmou e Cris Silva mandou para a rede.

O gol deu tranquilidade ao Fluminense, que manteve a postura ofensiva. Os donos da casa chegaram ao segundo aos 37 minutos. Após boa troca de passes, Arias recebeu a bola na área e chutou sem chance para Quiñonez. Assim, os cariocas foram para o intervalo com boa vantagem no placar no Maracanã.

No segundo tempo, o Fluminense continuou em busca do ataque e quase marcou com dois minutos. Ganso chutou colocado e obrigou Quiñonez a se esticar para fazer grande defesa. Depois, Yago acertou a trave do Oriente Petrolero.

Com o passar do tempo, os visitantes se aventuraram no ataque, mas pouco incomodaram Fábio. Já o Fluminense desperdiçou boa chance, com Cano. Depois, o goleiro Quiñonez salvou o Oriente Petrolero em finalizações de Willian Bigode e Luccas Claro.

De tanto insistir, o Fluminense chegou ao terceiro gol aos 27 minutos. Willian Bigode tentou lançar Cano na área, mas Zazpe, na tentativa de fazer o corte, cabeceou para a própria rede.

Com a vantagem ampliada, os donos da casa passaram a administrar o resultado. O Oriente Petrolero não demonstrou qualquer reação. Com isso, o Fluminense confirmou a vitória no Maracanã.

FLUMINENSE 3 X 0 ORIENTE PETROLERO


FLUMINENSE
Fábio, Manoel (Luccas Claro), David Braz e David Duarte; Samuel Xavier, André (Wellington), Yago Felipe, Paulo Henrique Ganso (Luiz Henrique) e Cris Silva; Arias (Willian Bigode) e Cano (Fred)
Técnico: Abel Braga

ORIENTE PETROLERO
Wilson Quiñonez, Maximiliano Caire, Sebastián Álvarez, Leandro Zazpe e Carlos Roca (Marcelo Suárez); Juan Ribera (Hector Sanchez), Daniel Rojas (Felde Roca), Alan Mercado, Luciano Guaycochea (Miguel Ríos) e Víctor Dorrego; Facundo Suárez (Ricardo Sandoval)
Técnico: Erwin Sánchez

Local: Maracanã, no Rio de Janeiro (RJ)
Data: 6 de abril de 2022, quarta-feira)
Árbitro: José Argote (Venezuela)
Assistentes: Carlos Lopez (Venezuela) e Lubin Torrealba (Venezuela)
Cartões amarelos: Samuel Xavier (Fluminense); Mercado e Caire (Oriente Petrolero)
GOLS: Cris Silva, 29, Aras, aos 37min do 1ºT; Zazpe, aos 27min do 2°T

Compartilhe