Seleção

OFICIAL

Dunga é confirmado pela CBF como novo treinador da Seleção Brasileira

Anúncio do retorno de Dunga foi realizado na manhã desta terça no Rio de Janeiro

postado em 22/07/2014 10:59 / atualizado em 22/07/2014 12:58

AFP PHOTO/VANDERLEI ALMEIDA
Na manhã desta terça-feira, a Confederação Brasileira de Futebol (CBF) confirmou o retorno do técnico Dunga ao comando da Seleção Brasileira. O anuncio foi feito pelo presidente da entidade, José Maria Marin, pelo vice, Marco Polo Del Nero, e pelo coordenador-geral, Gilmar Rinaldi. O treinador de Ijuí terá a missão de substituir o conterrâneo Luiz Felipe Scolari, que deixou o cargo depois do quarto lugar na Copa do Mundo deste ano.

“Um homem (Dunga) experimentado, tanto como atleta no campo, como fora dele. E todos nós nesta mesa depositamos total confiança na sua competência e capacidade de trabalho”, afirmou o mandatário máximo do futebol brasileiro, José Maria Marin.


Dunga falou sobre a sensação de voltar a dirigir a Seleção Brasileira. "Sinto uma grande felicidade. Vamos trabalhar juntos com a base, com o Gallo, e a coordenação do Gilmar. Vamos dar sequência ao trabalho da CBF. Não precisamos fazer dessa Copa do Mundo terra arrasada, há coisas que podem ficar. A gente viu na Copa que é importante o talento, mas o planejamento também", frisou.

No retorno ao time da CBF, Dunga trabalhará com o amigo e ex-companheiro de Inter e Seleção Brasileira Gilmar Rinaldi, novo coordenador-geral de seleções. A relação começou na década de 1980, quando disputaram a Olimpíada de Los Angeles em 1984 e ainda defenderam o Internacional.

Na primeira passagem pela Seleção como treinador, de 2006 a 2010, Dunga dirigiu a equipe em 60 partidas. Foram 42 vitórias, 12 empates e seis derrotas – aproveitamento de 76,6%. Neste período, ele conquistou a Copa das Confederações de 2009 e a Copa América de 2007.

Dunga foi demitido após a eliminação do Brasil nas quartas de final da Copa da África do Sul, em 2010. Na ocasião, a Seleção Brasileira foi derrotada pela Holanda (2 a 1).

Depois de deixar o time da CBF, Dunga comandou o Internacional em 53 partidas (26 vitórias, 18 empates e 9 derrotas, aproveitamento de quase 60%) entre janeiro e outubro de 2013, quando foi demitido após derrota para o Vasco, pelo Campeonato Brasileiro. No Colorado, ganhou um título gaúcho.

Antes de acertar o seu retorno ao Brasil, Dunga havia deixado tudo fechado para comandar um projeto com a Seleção da Venezuela. No entanto, nos últimos dias, com o convite da CBF, não embarcou para Caracas, onde era esperado.

Os primeiros compromissos da Seleção Brasileira sob o comando da nova comissão técnica serão realizados em setembro, nos amistosos contra Colômbia e Equador, respectivamente nos dias 5 e 9, nos Estados Unidos.

SORAIA PIVA / EM DA PRESS

Tags: cbf dunga confirmado oficializado treinador Seleção Brasileira