UAI


Léo Ortiz celebra convocação e cita referências na Seleção Brasileira

Zagueiro do Red Bull Bragantino se espelha em Thiago Silva e Marquinhos

29/06/2021 22:54
compartilhe
Léo Ortiz ganhou chance de Tite na Seleção com o corte do zagueiro Felipe
foto: Lucas Figueiredo/CBF

Léo Ortiz ganhou chance de Tite na Seleção com o corte do zagueiro Felipe


Convocado para substituir o zagueiro Felipe, Léo Ortiz se apresentou à Seleção Brasileira nesta terça-feira. O jogador do Red Bull Bragantino celebrou a oportunidade de ser chamado e destacou que está confiante e preparado para vestir a camisa verde e amarela.

"Estou muito feliz, não estou encontrando palavras. É uma sensação incrível chegar à Seleção com todos esses jogadores de nível mundial. Hoje tive apenas um treino regenerativo, mas amanhã (quarta) já chegarei em campo confiante de que venho fazendo um grande trabalho e de que posso ajudar a Seleção na Copa América", disse em entrevista coletiva.

"Um turbilhão de coisas surgiu nos últimos dias, mas fiquei muito feliz, é uma responsabilidade enorme. O jogador que quer chegar ao alto nível tem que estar preparado para esses momentos, e eu me preparei durante esses anos. As pessoas acompanham, estão vendo meu trabalho. É uma oportunidade benéfica, uma responsabilidade imensa, mas que vai me fazer crescer muito e tenho certeza de que estou pronto para esse desafio", acrescentou.

Léo Ortiz também ressaltou que tem como referência para a posição os zagueiros Thiago Silva e Marquinhos, que serão seus companheiros na Seleção durante a Copa América. "Vai ser de suma importância esse dia a dia com eles, são dois caras que eu tenho como referência. Acompanho muito os clubes em que eles jogam para poder aprender. São dois jogadores de nível mundial, assim como o Éder Militão, que tem uma idade mais parecida com a minha", afirmou.

"Fico muito feliz de poder ter esse dia a dia. Já os conheci um pouco, amanhã vou ter a oportunidade de estar em campo, estar junto, absorver o conhecimento e o que eles têm para me passar. Fico muito feliz de ter essa oportunidade, vou trabalhar muito para chegar ao nível deles", completou o defensor.

O jogador do Massa Bruta ainda comentou sobre seu estilo de jogo. Ele explicou que que possui a característica de trocar passes e pode ajudar a equipe de Tite participando da saída de bola. "Eu sempre tive essa característica, desde a base, porque antes de ser zagueiro eu era volante e sempre participei dessa iniciação de jogo por estar sempre tocando muito na bola, fazendo o time jogar", declarou.

"Ainda na base me tornei zagueiro, isso se tornou mais latente, e os treinadores gostaram e me deram liberdade para isso. Quando cheguei ao Red Bull, o Zago era o técnico e me deu continuidade para que eu pudesse mostrar meu jogo, achar os passes, criar o jogo desde trás e deixar os companheiros da frente mais perto do gol. Desde que cheguei no Red Bull ficou mais latente isso, por ser uma equipe ofensiva e que gosta de jogar", concluiu Léo Ortiz.




Compartilhe