UAI

2

Fifa determina que Brasil e Argentina voltem a jogar partida interrompida

Jogo, em setembro do ano passado, foi interrompido após a Anvisa constatar que jogadores da Argentina descumpriram regras sanitárias contra a COVID-19

14/02/2022 13:40 / atualizado em 14/02/2022 13:40
compartilhe
Neymar e Messi escondem a boca ao conversar, no meio do campo, durante interrupção de Brasil x Argentina por agentes da Anvisa
foto: NELSON ALMEIDA / AFP - 5/9/2021

Neymar e Messi escondem a boca ao conversar, no meio do campo, durante interrupção de Brasil x Argentina por agentes da Anvisa

Enfim, a Fifa decidiu que Brasil e Argentina se enfrentem em data e local decididos pela própria entidade após o clássico ter sido interrompido pela Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária). A decisão não interfere nas classificações de ambas as seleções para o Mundial no Catar.



Brasil x Argentina: jogo é interrompido pela Anvisa



O jogo, em dia 5 de setembro de 2021, na Neo Química Arena, válido pelas Eliminatórias da Copa do Mundo, foi interrompido quando agentes das autoridades sanitárias atestaram que quatro jogadores da Argentina burlaram as normas da pandemia da COVID-19. 

Na nota divulgada nesta segunda-feira, a Fifa distribuiu punições a todos os envolvidos na ocasião. A CBF foi multada em 550 mil francos suíços (R$ cerca de 3 milhões) por infrações relacionadas à ordem e segurança.

Já a Federação de Futebol Argentino (AFA) recebeu multa de 250 mil francos suíços (R$ 1,1 milhão) pelos quatro jogadores que descumpriram os regulamentos sanitários.

Os jogadores em questão, Emiliano Buendía, Emiliano Martínez, Giovani Lo Celso e Cristian Romero, foram suspensos por duas partidas que terão de ser cumpridas na data Fifa de março.
Compartilhe