UAI

2

Debinha faz de pênalti, Brasil vence a Colômbia e conquista a Copa América

Brasil conquistou o oitavo título do torneio em nove edições disputadas

30/07/2022 23:09
compartilhe
Brasileiras comemoram gol de Debinha, que deu o título continental a Seleção Brasileira feminina
foto: Raul Arboleda/AFP

Brasileiras comemoram gol de Debinha, que deu o título continental a Seleção Brasileira feminina

O Brasil bateu a Colômbia na final da Copa América feminina e faturou o título continental, neste sábado, no estádio Alfonso López, em Bucaramanga. A equipe de Pia Sundhage contou com gol de pênalti marcado por Debinha para conquistar a taça da competição.

A Seleção Brasileira conquistou o oitavo título do torneio em nove edições disputadas. Neste ano, as brasileiras tiveram o melhor ataque, com 20 gols, e defesa mais eficiente, sem sofreu nenhum tento.

Com o fim do torneio, Brasil e Colômbia estão com vagas garantidas da Copa do Mundo de 2023, na Austrália e Nova Zelândia, e nos Jogos Olímpicos de 2024, em Paris. A terceira colocada Argentina também estará no Mundial, enquanto Chile e Paraguai disputarão a repescagem.

O jogo entre Brasil e Colômbia

Pia Sundhage mandou a Seleção Brasileira a campo com: Lorena; Antônia, Tainara, Rafaelle e Tamires; Ary Borges (Gabi Portilho), Angelina (Duda) e Kerolin (Luana); Adriana Bia Zaneratto (Geyse) e Debinha.

Aos 36 minutos do primeiro tempo, o Brasil conseguiu abrir o placar. Debinha tabelou pelo meio, invadiu a área, acabou sendo derrubada por Vanegas e a árbitra assinalou o pênalti. A própria atacante foi para a cobrança, deslocou a goleira colombiana e mandou para dentro das redes.

A Seleção começou o segundo tempo pressionando pelo segundo tento. Aos três, Antônia recebeu pela direita, cortou e bateu para defesa de Pérez. Após a cobrança de escanteio, Rafaelle cabeceou, ficou com o rebote, mas o chute desviou na defesa. Houve revisão do VAR para um possível pênalti em toque de mão da colombiana.

Aos nove, Debinha perdeu uma grande chance para as brasileiras. A atacante recebeu lançamento nas costa da defesa, entrou na área e tocou na saída da goleira Pérez, que conseguiu evitar o tento.

A Colômbia assustou com Linda Caicedo já aos 30 minutos. A meio-campista bateu colocado da entrada da área e a bola passou perto da trave da goleira brasileira Lorena.


Compartilhe