UAI


Durant torce para que Kyrie Irving, que recusa se vacinar, siga nos Nets

Jogadores que não tomaram pelo menos uma dose não podem treinar e nem jogar em Nova York

07/10/2021 09:50
compartilhe
Astro do Brookly Nets, Kyrie Irving causou polêmica com recusa a receber vacina
foto: Sarah Stie/AFP

Astro do Brookly Nets, Kyrie Irving causou polêmica com recusa a receber vacina


Kyrie Irving segue sem ser vacinado contra a COVID-19 e por conta disso gera incertezas sobre seu futuro com a camisa do Brooklyn Nets, já que de acordo com protocolos da cidade de Nova York, jogadores que não tomaram pelo menos uma dose não podem treinar e nem jogar. Diante da situação, seu companheiro de equipe Kevin Durant disse que torce para uma resolução no caso.

Após o treinamento de quarta-feira, o segundo seguido sem a presença de Irving, quando questionado sobre o assunto, Durant disse que segue "imaginando" o parceiro como parte do time e que é difícil "duplicar o que ele faz em quadra", caso "Uncle Drew" não possa disputar partidas em casa. O ala foi além, disse respeitar a decisão do armador dos Nets, mas que está ansioso para que o time todo se junte.

"Estou imaginando Kyrie como parte do nosso time. Ele está lidando com algo pessoal agora e enquanto ele está lidando com isso, vamos nos concentrar em nós aqui e continuar trabalhando. Ele (Irving) é um jogador especial, por isso vai ser difícil duplicar o que ele traz", disse.

Durant também falou que apesar da ausência de Irving, os Nets têm um grande time que pode fazer uma ótima temporada. "Mesmo sem ele, acho que todos aqui têm confiança em si mesmos, em nosso grupo e que se continuarmos construindo, podemos fazer algo especial", contou.

Por fim, o duas vezes campeão da NBA reiterou que torce para a reintegração de Kyrie ao grupo dos Nets, mas afirmou que pretende não se envolver na decisão do colega de time. 

"Eu quero que ele faça parte deste grupo. Ele é um jogador especial. Queremos que ele faça parte deste grupo. Mas muitas coisas estão fora do nosso controle e vamos deixá-lo tomar uma decisão por si mesmo. Estou tentando não me envolver muito nisso. É muito maior do que eu e cada um de nós individualmente. Esta é a decisão pessoal de um homem sobre seu bem-estar, então eu tenho que sentar e observar e ver o que está acontecendo e continuar vindo aqui e treinar todos os dias e trabalhar duro. Não saio dando conselhos porque é uma decisão dele e temos que respeitar. Estou aqui para apoiá-lo e fazer meu trabalho como um dos líderes da equipe. Espero que tudo se resolva", completou.

Questionado sobre o assunto, o técnico dos Nets, o ex-jogador canadense Steve Nash, preferiu se esquivar e manter o assunto um problema interno da franquia. "Não sei, não posso responder a isso. Eu não quero especular sobre algo que está apenas no ar", disse.

Irving participou do "training camp" dos Nets em San Diego, na Califórnia, na semana passada. A equipe encara o Milwaukee Bucks nesta sexta-feira e na segunda mede forças contra o Philadelphia 76ers. Os jogos de pré-temporada terminam contra o Minnesota Timberwolves.

Compartilhe