UAI

2

Gustavo De Conti inicia ciclo na seleção com jogos contra o Chile

Brasil duela com o Chile nesta sexta-feira e neste sábado, pelas Eliminatórias para a Copa do Mundo de 2023

26/11/2021 11:24
compartilhe
Gustavinho estreia nesta sexta como técnico da Seleção Brasileira
foto: Thierry Gozzer/CBB

Gustavinho estreia nesta sexta como técnico da Seleção Brasileira

Técnico da Seleção Brasileira desde setembro deste ano após a saída do croata Aleksandar Petrovic, Gustavo De Conti faz nesta sexta-feira (26) e neste sábado (27) os primeiros jogos na nova função. O Brasil duela com o Chile nos dois dias, às 18h10 e 19h10, respectivamente, pela primeira semana do Grupo B das Eliminatórias para a Copa do Mundo de 2023. As duas partidas acontecem em Buenos Aires, na Argentina, e têm transmissão da ESPN.

Gustavinho, que também é treinador do Flamengo e divide as funções, optou por um elenco de maioria fixada no Brasil nesta primeira janela, mas também com alguns jogadores importantes na Europa, como o ala-armador Vitor Benite, do San Pablo Burgos-ESP, e o pivô Cristiano Felício, do Ratiopharm Ulm-ALE.

"O torcedor pode esperar uma equipe bastante reativa, com muita intensidade nas transições, na marcação. Um grupo que jogue de forma coletiva, que procure sempre o melhor companheiro e que não irá fugir da característica dos nossos jogadores e do que o basquete exige hoje em dia", afirmou.

Veja os jogadores convocados para a primeira semana das Eliminatórias:

Armadores
Yago Mateus - Flamengo
Elinho - São Paulo

Ala-armadores
Vitor Benite - San Pablo Burgos-ESP
Georginho de Paula - Franca

Alas
Gui Deodato - Minas
Rafael Mineiro - Flamengo
Gabriel Jaú - Bauru
Jonas Buffat - Pinheiros (em substituição ao lesionado armador Rafa Luz - Bilbao-ESP)

Ala-pivôs
Lucas Dias - Franca
Bruno Caboclo - São Paulo
Timothy Soares - Ironi Ness Ziona-ISR

Pivôs
Lucas Mariano - Franca
Cristiano Felício - Ratiopharm Ulm-ALE

Na primeira fase das eliminatórias, o Brasil está no Grupo B, junto de Chile, Colômbia e Uruguai, e volta a jogar somente em 25 e 28 de fevereiro de 2022, ainda sem local definido, diante de Uruguai e Colômbia. A terceira semana será entre junho e julho, definindo os classificados para a segunda fase. Os três melhores avançam.

Na segunda fase, todas as equipes carregam os resultados da primeira e jogam somente contra seleções que ainda não enfrentaram. O Brasil tem três rivais pela frente no futuro Grupo F: Estados Unidos, Porto Rico, México e Cuba, também com jogos de ida e volta. Os três primeiros após o fim dos duelos e o melhor quarto colocado entre os dois grupos da segunda fase se classificam para a Copa do Mundo de 2023, em Indonésia, Filipinas e Japão, somando sete postos das Américas no segundo maior torneio Fiba do planeta.

Compartilhe