UAI

2

Tribunal russo estende prisão de jogadora americana de basquete

Brittney Griner, detida em um aeroporto em Moscou com um derivado de maconha em forma líquida, ficará detida na Rússia até 19 de maio

17/03/2022 12:51 / atualizado em 17/03/2022 12:57
compartilhe
Brittney Griner durante partida do Phoenix Mercury pela WNBA
foto: Mike Mattina/Getty Images/AFP - 10/102021

Brittney Griner durante partida do Phoenix Mercury pela WNBA

O Tribunal de Khimkinsky, na Rússia, estendeu por pelo menos dois meses a prisão da jogadora norte-americana de basquete Brittney Griner, detida no mês passado em um aeroporto em Moscou com um derivado de maconha em forma líquida.


O veículo de comunicação russo ainda afirmou que não é garantido que Griner será libertada após esse prazo. Já uma funcionária do governo ouvida pela "Tass" disse que a jogadora divide a cela com outras duas mulheres.

Uma das grandes estrelas do basquete feminino dos Estados Unidos, Griner joga pelo Phoenix Mercury, mas também defende o UMMC Ekaterinburg, da Rússia, no período em que a liga norte-americana está paralisada.

Após desembarcar em território russo, a bicampeã olímpica foi flagrada na área alfandegária do local levando entorpecentes na bagagem de mão. Uma minuciosa revista da mala levou à descoberta dos cartuchos de droga

Compartilhe