UAI

2

NBA homenageia lendário Bill Russell, morto aos 88 anos

Maior campeão da NBA, Bill Russell também foi símbolo da luta contra o racismo e pelos direitos civis nos Estados Unidos

31/07/2022 22:33
compartilhe
Em 2011, Bill Russell recebeu a Medalha Presidencial da Liberdade do então presidente Barack Obama
foto: Jim WATSON / AFP

Em 2011, Bill Russell recebeu a Medalha Presidencial da Liberdade do então presidente Barack Obama

Bill Russell, uma das grandes lendas da NBA e ícone esportivo na luta contra o racismo nos Estados Unidos, morreu neste domingo aos 88 anos, informaram familiares e a própria liga de basquete.

"Bill Russell, o vencedor mais prolífico da história do esporte americano, faleceu em paz hoje aos 88 anos, com sua esposa Jeannine ao seu lado", disse a família do ex-jogador, sem mencionar a causa da morte.

Primeiro jogador negro a alcançar o status de astro da NBA, Russell foi o líder da inesquecível dinastia do Boston Celtics, alcançando um recorde na liga de 11 anéis de campeonato entre 1957 e 1969.

Os dois últimos títulos, em 1968 e 1969, ele os conquistou sendo também o primeiro técnico negro da história da liga.

"Bill Russell foi o maior campeão em todos os esportes coletivos", reconheceu o comissário da NBA, Adam Silver, em um comunicado.

"Os inúmeros reconhecimentos que ele obteve por sua carreira no Boston Celtics - incluindo um recorde de 11 campeonatos e cinco prêmios de MVP - apenas começam a contar a história do imenso impacto de Bill em nossa liga e na sociedade em geral", disse ele.

Além de sua trajetória excepcional, Russell também foi um símbolo esportivo da luta contra o racismo e pelos direitos civis nos Estados Unidos.

Russell também foi um símbolo esportivo da luta contra o racismo e pelos direitos civis nos Estados Unidos
foto: Mandel NGAN / AFP

Russell também foi um símbolo esportivo da luta contra o racismo e pelos direitos civis nos Estados Unidos

Russell, que sofreu inúmeros episódios de racismo durante sua carreira, marchou ao lado de Martin Luther King Jr. e foi um dos primeiros grandes ativistas do esporte americano ao lado de figuras como Mohamed Ali e Kareem Abdul-Jabbar.

Em 2011, ele recebeu a Medalha Presidencial da Liberdade do então presidente Barack Obama.

"Bill representava algo muito maior que o esporte: os valores de igualdade, respeito e inclusão que ele imprimiu no DNA da nossa liga", reconheceu Silver.

Bill Russell: inspiração para muitos na NBA

Conhecido sobretudo por suas qualidades defensivas, com uma altura de 2,08 metros, Russell jogou toda a sua carreira na NBA, entre 1956 e 1969, com o uniforme verde do Celtics, com quem disputou 12 finais conquistando 11 títulos, o número mais alto também para um atleta de uma grande liga profissional norte-americana.

Antes de sua carreira na NBA, marcada também por sua extraordinária rivalidade com Wilt Chamberlain (Lakers), Russell conquistou a medalha de ouro nas Olimpíadas de Melbourne em 1956.

Entre muitos outros reconhecimentos, a NBA deu seu nome ao troféu de MVP que é entregue anualmente ao melhor jogador das finais.

Outras lendas e jogadores da NBA enviaram suas condolências a um dos grandes ícones da liga.

"Estou de coração partido com a notícia da morte do maior vencedor do basquete, uma lenda, membro do Hall of Fame, mentor e amigo meu por mais de 30 anos, Bill Russell", escreveu Earvin 'Magic' Johnson no Twitter.

"Descanse em paz. Obrigado por pavimentar o caminho e inspirar tantos. Hoje é um dia triste, mas também um grande dia para celebrar seu legado e o que ele representou", disse Jaylen Brown, um dos atuais destaques do Celtics e um dos primeiros jogadores a participar dos grandes protestos contra o racismo em 2020 nos Estados Unidos.

Compartilhe