Cruzeiro pentacampeão

CRUZEIRO

Mano adia definição de futuro no Cruzeiro e projeta fim de Brasileirão 'muito bom'

Treinador tem contrato com o time da Toca II apenas até dezembro

postado em 28/09/2017 06:00 / atualizado em 28/09/2017 03:39

Alexandre Guzanshe/EM/D.A. Press
Um dos protagonistas da campanha vencedora do Cruzeiro na Copa do Brasil, Mano Menezes não tem permanência garantida no clube em 2018. Embora o momento seja de comemorar o troféu conquistado com a vitória nos pênaltis sobre o Flamengo, nesta quarta-feira, o treinador comentou as negociações para a renovação de seu contrato, com vigência apenas até dezembro deste ano. Ele destacou a importância de aguardar a eleição presidencial no Barro Preto, marcada para a próxima segunda-feira, dia 2.

“De presidente que substitui o outro eu já estou vacinado. Então temos que sentar para conversar bem. Tudo tem a sua hora, não é a hora de falar. É importante a conquista, engrandece o trabalho. Já estava com saudade de ser campeão. É bom! Essa decisão teve todos os ingredientes de uma grande decisão, com emoção até o final. Muita tensão. Sofremos muito com as lesões durante o jogo e nos superar para levar para as penalidades. Aí tivemos competência, calma e controle emocional. Agora é comemorar. É muito difícil ser campeão, então temos que comemorar bem”, disse.

“Agora vamos comemorar. Não conseguimos nem comemorar as vitórias dos jogos direito. Pelo menos o título, nas próximas horas, vamos comemorar com os profissionais do Cruzeiro, com a direção. Depois começamos a pensar para frente. O Cruzeiro tem uma eleição nos próximos dias e as pessoas que vão assumir o clube tem os seus pensamentos. A partir disso, nós podemos conversar. Agora vamos comemorar”, complementou.

Apesar do título, Mano Menezes ressaltou a importância de retomar o foco após as comemorações pelo título da Copa do Brasil. O treino desta quinta-feira foi cancelado, mas os jogadores se reapresentarão na próxima sexta-feira, na Toca da Raposa II, para começar a pensar no Corinthians, próximo adversário pelo Campeonato Brasileiro, em jogo marcado para domingo. 

“Está passando pela minha cabeça comemorar e terminar a temporada fazendo um Campeonato Brasileiro muito bom. Estar no grupo da frente. Já é a segunda melhor campanha do returno. O que aconteceu hoje vai nos motivar mais ainda. Temos um grupo de qualidade. Temos que ter paciência, como a gente teve. O Cruzeiro teve no momento de oscilação. Quem consegue ter esse controle colhe bons resultados a médio prazo. Agora o Cruzeiro pode usufruir disso. É só ter competência para fazer”, projetou.

Com o título desta quarta-feira, Mano Menezes encerrou longo jejum de troféus. A última conquista oficial do treinador no Brasil foi a Copa do Brasil de 2009, quando estava no comando do Corinthians. O time paulista sagrou-se campeão ao superar o Internacional na decisão. Antes disso, ele vencera duas vezes o Brasileiro da Série B – com Grêmio (2005) e Corinthians (2008) -, duas edições do Campeonato Gaúcho, ambas com o Tricolor, e um Paulista, pelo Timão.  


Tags: copadobrasil cruzeiro copadobrasil2017