Cruzeiro

CRUZEIRO

Um dos heróis do penta da Copa do Brasil, goleiro Fábio, do Cruzeiro, completa 37 anos

Cruzeiro postou em suas redes sociais uma homenagem ao goleiro

postado em 30/09/2017 11:50 / atualizado em 30/09/2017 15:40

Sidney Lopes/EM/D. A Press
Um dos principais responsáveis pela conquista do penta da Copa do Brasil, sobre o Flamengo, na última quarta-feira, o goleiro Fábio completa, neste sábado, 37 anos de vida. O presente chegou com antecedência. Na decisão por pênaltis contra os cariocas, o camisa 1 pegou a cobrança de Diego no canto direito e assegurou a vitória por 5 a 3. Henrique, Leo, Hudson, Diogo Barbosa e Thiago Neves converteram para o Cruzeiro.

O texto do repórter Rafael Arruda, na crônica da vitória, descreve bem a importância de Fábio no inédito pentacampeonato nacional e na história do Cruzeiro. “Fábio Deivson Lopes Maciel. Não importa quantos anos ou décadas se passarem, esse nome sempre estará guardado no coração de cada cruzeirense. Num futuro ainda distante, o torcedor que esteve no Mineirão na noite desta quarta-feira, 27 de setembro de 2017, contará para filhos ou netos sobre o feito do ídolo. Sobre um goleiro que vive a melhor fase na carreira, aos 36 anos. Da verdadeira muralha. Da grande intervenção no chute de Paolo Guerrero, aos 44min do segundo tempo, que poderia ser o gol do título rubro-negro. Não à toa Fábio é o jogador que mais atuou pelo clube, agora com 736 partidas. Na 13ª temporada consecutiva como titular, o camisa 1 foi decisivo em mais uma conquista. É o pentacampeonato da Copa do Brasil, que veio com muito drama e emoção. Depois de um 0 a 0 teimoso no tempo normal, o time celeste fez sua parte no tiro de 11 metros, marcando com Henrique, Leo, Hudson, Diogo Barbosa e Thiago Neves. Fábio defendeu a cobrança de Diego, a terceira do Flamengo, que anotou com Guerrero, Juan e Trauco. Foi o suficiente para alegrar a multidão cruzeirense no Gigante da Pampulha (56.467 pagantes e 61.017 presentes)”.

Fábio também chegou ao seu quinto título nacional. Pelo Cruzeiro, ele conquistou a Copa do Brasil de 2000 (como reserva de André Doring) e deste ano, além dos Campeonatos Brasileiros de 2013 e 2014. Pelo Vasco, ele foi campeão brasileiro de 2000, passando inclusive pelo time celeste nas semifinais. À época, Fábio era reserva de Helton.

O goleiro de 37 anos ainda foi campeão da Copa Mercosul de 2000 e do Campeonato Carioca de 2003, pelo Vasco, e foi pentacampeão estadual em Minas Gerais, nas edições de 2006, 2008, 2009, 2011 e 2014.

Nesta manhã de sábado, o Cruzeiro postou em suas redes sociais uma homenagem ao goleiro. O contrato de Fábio vai até 31 de julho de 2018.


Veja como é o dia a dia do goleiro Fábio na entrevista com o preparador Robertinho:

 




Tags: cruzeiro seriea copadobrasil copadobrasil2017 fábio contrato