Rio 2016
  • Oferecimento:

RIO 2016

Handebol

postado em 14/03/2016 15:11 / atualizado em 31/03/2016 19:55

 

Embora tenha se tornado um esporte oficialmente apenas em 1920, o handebol deriva de diversas modalidades em variadas épocas. Há registros de práticas parecidas com o handebol na Grécia Antiga, em Roma e até mesmo na Idade Média. Mais recentemente, no início do século passado, os dinamarqueses praticavam o haaddbold, os tchecos jogavam o hazena, os urugaios tinham o salon e os irlandeses, uma modalidade igualmente parecida com o que é o handebol hoje.

Mas todos os esportes citados são apenas referências, já que a maior influência para a criação do handebol foi o raftball, modalidade criada pelo professor de ginástica alemão Max Heiser, com grande influência de outro esporte alemão: o torball. Ou seja, é difícil precisar de onde veio o handebol que conhecemos hoje. Até mesmo o basquete e o futebol são citados como referências.

Com as regras oficializadas pela Federação Alemã de Ginástica, o esporte começou a ser praticado nos campos de futebol, com 11 jogadores para cada lado. Isso começou a mudar em 1920, quando um decreto do diretor da Escola Alemã de Educação Física oficializou a modalidade. Foram os suecos, em 1924, que começaram a disputar as partidas em ginásios, por causa do frio, e com sete jogadores de cada lado.

Mas o handebol indoor demorou para “pegar”. A tradição eram as disputas nos gramados. Assim, o handebol como conhecemos atualmente só foi estrear no Mundial da modalidade em 1938, na Alemanha. Depois da Segunda Grande Guerra, já com a Federação Internacional de Handebol (FIHA, em inglês) criada, o handebol de salão teve seu Campeonato Mundial realizado em 1954, entre os homens, e em 1957, entre as mulheres. A partir dali, a modalidade de campo foi sendo esquecida e acabou excluída dos mundiais em 1966.

A primeira aparição do handebol nas Olimpíadas ocorreu em Berlim-1936. Com o favoritismo nas mãos, os alemães levaram a medalha de ouro após campanha espetacular. Entre as vitórias no campeonato, os donos da casa venceram os Estados Unidos por 29 a 1 e a Hungria duas vezes por 22 a 0. Na final, a Áustria vendeu caro a derrota, mas não impediu o título alemão após o 8 a 6 no placar.

Nas últimas duas edições dos Jogos, a França, no masculino, e a Noruega, no feminino, dominaram o pódio. Os franceses e as norueguesas conquistaram a medalha de ouro tanto em Pequim-2008 quanto em Londres-2012.

Zebra sul-coreana

O apoio da torcida é um fator polêmico no esporte. Alguns dizem que faz toda a diferença, que influencia no desempenho dentro de quadra, enquanto existem atletas que juram não se importar. Nas Olimpíadas de Seul-1988, a equipe feminina de handebol da Coreia do Sul certamente se beneficiou de disputar a competição dentro de casa para protagonizar uma enorme zebra na competição.

A Seleção Sul-Coreana se isolou e se preparou intensamente para a competição, mas os resultados até então não eram nada animadores. No Mundial de 1986, a equipe empatou uma partida e perdeu quatro vezes, ficando com a modesta 11ª posição. Por isso, quando a Coreia se classificou em primeiro lugar no Grupo A, vencendo a Tchecoslováquia e os Estados Unidos e perdendo apenas para a Iugoslávia, a surpresa já foi geral.

No quadrangular final, que decidiu as medalhas, as sul-coreanas completaram a “missão impossível”. Com duas vitórias apertadíssimas sobre a Noruega (23 a 20) e sobre a União Soviética (21 a 19), com o apoio em massa da torcida, elas surpreenderam o mundo e conquistaram a medalha de ouro diante da apaixonada torcida. Quatro anos depois, em Barcelona, as sul-coreanas ainda repetiram a dose, faturando mais uma vez o ouro.

Handebol brasileiro nos Jogos Olímpicos

A primeira participação olímpica do handebol brasileiro foi somente em 1992, nos Jogos de Barcelona. Apenas a equipe masculina conseguiu classificação, mas terminou em último lugar. Com time masculino ausente, a Seleção Brasileira Feminina estreou nos Jogos de Sydney, em 2000. Ao contrário dos homens, que nunca passaram da primeira fase, as meninas do Brasil avançaram às quartas de final.

Atenas’2004 foi a primeira Olimpíada que contou com as duas seleções, feito repetido nos Jogos de Pequim, em 2008. Na Grécia, o time masculino acabou eliminado na primeira fase, enquanto a equipe feminina caiu na segunda. Na China, as duas seleções foram eliminadas na fase de grupos.

 

Reprodução/Facebook
 

Em Londres-2012 apenas a Seleção Brasileira Feminina participou. Apesar de não conquistar a medalha, o Brasil garantiu a melhor campanha de todos os tempos do país na modalidade em olimpíadas, com o 6º lugar geral.

Confederação Brasileira de Handebol

Site: www.brasilhandebol.com.br
E-mail: sec@brasilhandebol.com.br
Federação Internacional de Handebol (IHF): http://www.ihf.info

{'id_site': 1, 'imagem_destaque': 'ns1/app/foto_126510467054/2016/03/28/7945/20160328202623160146o.jpg', 'id_content': 3262097L, 'url': 'https://www.mg.superesportes.com.br/app/noticias/especiais/olimpiadas/jogos2016/jogos2016-fotos/2016/03/28/galeria-jogos2016,7945/arena-do-futuro.shtml', 'titulo_destaque': 'Arena do Futuro', 'samesite': True, 'id_pk': 7945L, 'id_conteudo': 3262097L, 'id_aplicativo': 11, 'meta_type': 'foto', 'titulo': 'Arena do Futuro', 'id_treeapp': 1729, 'descricao_destaque': 'Conhecida como centro ol\xedmpico de handebol, a Arena do Futuro ser\xe1 tempor\xe1ria', 'schema': 'foto_126510467054'}

Outras Modalidades

Tags: handebol

O anunciante aqui presente não possui relação com os Jogos Rio 2016 e é patrocinador exclusivo da cobertura editorial dos Diários Associados MG para o evento.