Flamengo

MERCADO DA BOLA

Joia do Flamengo bate recorde de 'Messinho', do Cruzeiro, como o mais novo a assinar com a Nike

Aos dez anos e quatro meses de idade, Willian Nascimento fechou contrato com a fornecedora

postado em 22/08/2020 19:18 / atualizado em 22/08/2020 19:32

(Foto: Arquivo pessoal/Willian Nascimento)
Jogador da equipe sub-10 do Flamengo, Willian Nascimento fechou contrato com a Nike como fornecedora de material esportivo e bateu o recorde de atleta mais novo a assinar com a empresa norte-americana. Até então, Estevão Willian, também conhecido como “Messinho”, do Cruzeiro, era o dono do feito.

Segundo o Lance!, Willian assinou com a Nike no início desta semana, aos dez anos e quatro meses de idade. Messinho, já como atleta do Cruzeiro, fechou com a empresa em 2018, aos dez anos e nove meses de vida. O recorde anterior ao cruzeirense era de Rodrygo, revelado pelo Santos e hoje no Real Madrid, que é patrocinado pela empresa desde os 11 anos.

(Foto: Pedro Ernesto Guerra Azevedo/Santos)
Willian atua pela equipe de futsal do Flamengo, mas deve partir em poucos anos para o campo. Isso porque o clube rubro-negro inicia as atividades na grama na categoria de base com o sub-13. Esse é o projeto para o novo atleta da Nike, que já faz alguns trabalhos nos gramados.

Crianças e sem contrato


Nem Willian Nascimento nem Estevão Willian podem assinar contratos com Flamengo, Cruzeiro ou nenhum clube. O Regulamento Nacional de Registro e Transferência de atletas da Confederação Brasileira de Futebol (CBF) estabelece como 14 anos a idade mínima para que algum atleta tenha vínculo desportivo. O contrato profissional só é permitido a partir dos 16.

Caso Estevão Willian


(Foto: Arquivo pessoal/Estevão William)
Apesar disso, na gestão de Wagner Pires de Sá, o Cruzeiro chegou a negociar percentuais de Messinho, que nem sequer tem direitos econômicos. Em maio de 2019, o programa Fantástico, da TV Globo, revelou que o clube cedeu 20% de Estevão William e "fatias" de mais nove atletas ao empresário Cristiano Richard dos Santos Machado.

À época, a operação foi feita pelo vice-presidente de futebol Itair Machado para quitar um empréstimo de R$ 2 milhões feito por Cristiano Richard ao Cruzeiro.

Um mês depois, o Cruzeiro voltou a negociar um percentual do garoto. Itair Machado repassou mais 15% do garoto à Estrela Sports Ltda, do conselheiro Fernando Ribeiro de Morais. A informação foi divulgada pelos portais Uol e Deus me Dibre.

De acordo com o documento, o Cruzeiro detém 70% dos "direitos" de Estevão William. O restante está dividido entre Fernando Ribeiro de Morais (15%) e o próprio jogador (15%). O contrato de cessão de 20% a Cristiano Richard dos Santos Machado foi cancelado após as denúncias do ano passado.

No entanto, essa "divisão" pode não ter validade. De acordo com a claúsula 1.6 do contrato, o fatiamento do jovem talento só será válido se for ratificado na assinatura do primeiro vínculo profissional com o Cruzeiro, a partir dos 16 anos. 

Wagner Pires de Sá, Itair Machado e Cristiano Richard foram indiciados pela Polícia Civil pelos crimes de apropriação indébita, falsidade ideológica, associação criminosa e lavagem de dinheiro no Cruzeiro.

Tags: serieb cruzeiroec interiormg futnacional flamengorj seriea estevão willian willian nascimento