Flamengo

CAMPEONATO BRASILEIRO

Após perder chance de assumir liderança, Flamengo valoriza esforço durante maratona

Rubro-negro empatou com RB Bragantino e ficou no terceiro lugar da tabela

postado em 16/10/2020 11:21 / atualizado em 16/10/2020 11:29

(Foto: Alexandre Vidal / Flamengo)
O Flamengo desperdiçou a chance de assumir a liderança do Campeonato Brasileiro ao só empatar por 1 a 1 com o Red Bull Bragantino, na noite de quinta-feira, no Maracanã, mas essa está longe de ser a única preocupação do clube nesse momento. O confronto, disputado apenas 48 horas após um triunfo sobre o Goiás, apenas escancarou os desafios que o time tem enfrentado em uma maratona de jogos nesta temporada.

O clube, afinal, também está envolvido na Libertadores e, em breve, iniciará a sua participação na Copa do Brasil. São ao menos dois jogos por semana, dando pouco tempo para Doménec Torrent comandar treinos para um elenco que recentemente foi atingido por um surto de coronavírus.

Assim, a postura dos jogadores diante dos recentes desafios foi exaltada por Domènec, mesmo após um tropeço em casa. "Estou orgulhoso do time. O time é maravilhoso. O esforço que o time fez este mês é maravilhoso. Foi uma loucura. O esforço do elenco foi maravilhoso", disse.

Contra o Bragantino, o Flamengo não teve Diego Alves, João Lucas, Rodrigo Caio, Arrascaeta, Gabigol e Pedro Rocha, além do suspenso Filipe Luís. Ainda viu Everton Ribeiro se lesionar durante do duelo. E escalou Pedro, mesmo sob o risco de lesão.

"O Gerson estava morto, o Pedro tinha risco de lesão. Isla, que jogou nas Eliminatórias, falou que podia jogar uns 70 minutos e jogou 90. Falei com o médico do clube, e ele disse que o Pedro podia jogar 45, 50 minutos, não mais que isso", acrescentou.

O empate deixou o Flamengo com os mesmos 31 pontos de Atlético e Internacional, mas atrás de ambos e em terceiro lugar no Brasileirão por causa dos critérios de desempate. O time voltará a jogar no domingo, fora de casa, contra o Corinthians.