Flamengo

FLAMENGO

Ex-Flamengo, Ederson critica médicos após jovem zagueiro se aposentar

Ex-camisa 10 rubro-negro chamou profissionais do DM do clube de incompetentes

postado em 04/01/2021 18:55 / atualizado em 04/01/2021 19:08

(Foto: Divulgação/Flamengo)
Dois dias após o zagueiro Dener Machado, formado nas divisões de base do Flamengo, anunciar a aposentadoria dos gramados e acusar o clube carioca de negligência nas suas cirurgias, o agora ex-jogador recebeu a solidariedade de um ex-atleta que também sofreu com lesões no clube. O meia-atacante Ederson apoiou o agora ex-jogador, de apenas 23 anos, e fez críticas ao departamento médico do Flamengo, time que defendeu de 2015 a 2018.

Dener Machado foi campeão da Copa São Paulo de 2015 pelo Flamengo, tendo formado dupla de zaga com Léo Duarte, hoje no Milan, na vitoriosa campanha. Ele estava no clube desde 2014, depois passando pelo Figueirense, onde havia dado os seus primeiros passos no futebol.

"Eu sei bem o que você está sentindo e passando pois sofri muito por lá também, sofri a mesma negligência e falta de competência de algumas pessoas lá daquele DM que só sabe jogar a culpa no jogador para assegurar a 'imagem deles com a imprensa'. Sofri com dores absurdas todos os dias, durante meses, mas sofri ainda mais tendo que ouvir eles dizerem que não era nada, que eu tinha que treinar e superar a dor que meu problema era na cabeça, etc ", relatou Ederson, no Instagram.

"Chegaram até a me dar um remédio de placebo, só faltaram dizer que eu estava louco. Enfim, sofri tanto e passei tanto nervoso que tive até um câncer de testículo, de tanta raiva que passei por lá", acrescentou o ex-jogador, na resposta para a publicação de Dener.

Na sua passagem pelo Flamengo, de 2015 a 2018, Ederson passou por uma cirurgia no joelho esquerdo, o que demandou uma longa recuperação. E o time rubro-negro foi o último da sua carreira. Na publicação, ele culpou o departamento médico do clube por isso.

"Tive que encerrar minha carreira também por culpa daqueles incompetentes. Foi difícil tomar essa decisão pois sempre amei jogar futebol, mas quando não temos escolha e quando não podemos fazer mais nada ou não podemos mais treinar e jogar com alegria, é preciso aceitar, por mais difícil que seja", concluiu.

Tags: Flamengo futnacional Ederson