UAI


Flamengo pode bater meta orçamentária com ida à final da Libertadores 2021

Clube repetiu a meta orçamentária ousada e criticada de 2020, mas nesta temporada está bem perto de atingir sua previsão de faturamento

24/09/2021 19:13 / atualizado em 24/09/2021 19:25
compartilhe
Caso vá à final da Libertadores, Flamengo já alcançaria a meta anual de faturamento independentemente da colocação no Brasileiro
foto: Marcelo Cortes / Flamengo

Caso vá à final da Libertadores, Flamengo já alcançaria a meta anual de faturamento independentemente da colocação no Brasileiro



O Flamengo colocou um pé na grande final da Libertadores 2021 após vencer o Barcelona de Guayaquill, no Maracanã, por 2 a 0. Agora, o Rubro-Negro decide a vaga na quarta-feira, às 21h30, no Equador. Eventual classificação para a decisão do torneio fará o time atingir a meta orçamentária para a temporada.

Para 2021, o Flamengo repetiu a previsão orçamentária ousada e que gerou polêmica em 2020. No documento publicado no início da temporada, o clube projetou arrecadar R$ 406 milhões com "direitos de transmissão". Desse valor, cerca de R$ 85 milhões são referentes a premiação por desempenho. Para cumprir a meta, precisaria alcançar as semifinais da Copa do Brasil e da Libertadores e terminar em segundo no Brasileirão. Os dois primeiros objetivos já foram cumpridos.

Caso vá à final da Libertadores, o Rubro-Negro já alcançaria a meta de faturamento independentemente da colocação no Campeonato Brasileiro. Isso porque embolsaria, no mínimo, mais 6 milhões de dólares (cerca de R$ 31,5 milhões na cotação atual). Até o momento, o Flamengo já faturou R$ 60 milhões em prêmios.

Confira abaixo detalhadamente:

  • Libertadores - R$ 40 milhões (ida à final pode gerar de 6 a 15 milhões de dólares a mais)
  • Copa do Brasil - R$ 15,15 milhões (ida à final pode gerar de 23 a 56 milhões a mais)
  • Supercopa do Brasil - R$ 5 milhões

Mesmo em ano pandêmico, o Fla deve terminar a temporada com faturamento recorde. Em readequação orçamentária que será votada nos próxmos dias, o clube estimou fechar 2021 com uma receita de R$ 980 milhões e um superávit de R$ 130 milhões.

"A gente espera chegar no final do ano com faturamento recorde. O maior que o Flamengo já teve e o maior de um clube brasileiro. A gente espera chegar com R$ 980 milhões em receitas. E também conseguimos chegar com um resultado positivo. O resultado esperado é superior a R$ 130 milhões de superávit", afirmou Fernando Góes, diretor financeiro, em entrevista à FlaTV.

Compartilhe