UAI

2

Autoridades do Peru pedem adiamento de jogo do Flamengo na Libertadores

Jogo contra o Sporting Cristal está marcado para esta terça-feira, mas governo do Peru decretou na segunda toque de recolher. Conmebol ainda não se pronunciou

05/04/2022 10:09 / atualizado em 05/04/2022 13:37
compartilhe
Partida entre Sporting Cristal e Flamengo está marcada para o Estádio Nacional de Lima
foto: Divulgação

Partida entre Sporting Cristal e Flamengo está marcada para o Estádio Nacional de Lima


O jogo da Copa Libertadores entre Flamengo e Sporting Cristal, marcado para esta terça-feira (5), em Lima, no Peru, pode ser adiado. Isso porque o presidente do país, Pedro Castillo, decretou toque de recolher na cidade, nessa segunda-feira, e no porto vizinho de Callao, após greve parcial de motoristas que provocou bloqueios nas estradas e distúrbios.



A Conmebol ainda não se pronunciou. Via assessoria de comunicação, a entidade que comanda o futebol sul-americano garante que nada mudou. Comenta-se extraoficialmente que existe a possibilidade de a partida ser disputada com portões fechados.

O duelo, pela primeira rodada da fase de grupos da competição, está marcado para as 19h30 (de Lima) e 21h30 (de Brasília), no Estádio Nacional de Lima.
 
As equipes fazem parte do Grupo H, que ainda conta com Universidad Católica, do Chile, e Talleres, da Argentina.

Diversos atos de violência, incluindo incêndios em postos de pedágio nas estradas, saques em algumas lojas e confrontos entre manifestantes e policiais, foram registrados na segunda-feira em vários pontos do Peru.
 
"Diante dos atos de violência que alguns grupos tentaram criar (...) e para restabelecer a paz a ordem interna (...) o Conselho de Ministros aprovou declarar a imobilidade cidadã (toque de recolher) das 2h00 da manhã até 23h59 da noite do dia 5 de abril para resguardar a segurança cidadã", afirmou Castillo, em uma mensagem exibida ao país.
 
Segundo a imprensa peruana, o decreto permite que apenas serviços considerados essenciais continuem funcionando neste período.

Pouco tempo depois da declaração de Castillo, o Ministro da Justiça peruano, Félix Chero, afirmou que a partida entre Sporting Cristal e Flamengo não poderá ser disputada.
 
"Vai ter que ser remarcada. Não esqueçamos que, em medidas excepcionais, existem ações extraordinárias que devem ser adotadas. Um jogo de futebol não pode ter precedência sobre a tranquilidade do país", afirmou Chero à rádio Exitosa Noticias.

Compartilhe