UAI

2

Com homenagem a ídolos, Fluminense oficializa contratação de Fábio

Ídolo do Cruzeiro, goleiro era pretendido pelo América e optou por assinar com o tricolor até o fim desta temporada

19/01/2022 22:13 / atualizado em 20/01/2022 14:23
compartilhe
Fábio, de 41 anos, era pretendido pelo América e optou por assinar com o Fluminense
foto: Mailson Santana/Fluminense

Fábio, de 41 anos, era pretendido pelo América e optou por assinar com o Fluminense

O Fluminense oficializou, na noite desta quarta-feira, a contratação do goleiro Fábio, de 41 anos. Aprovado nos exames médicos, o veterano, ídolo do Cruzeiro e com 976 partidas pelo clube celeste, assinou vínculo até o fim de 2022 com o tricolor. 

No anúncio, por meio das redes sociais, o Fluminense prestou homenagem a antigos ídolos da posição, como Paulo Victor, Felix, Diego Cavalieri, Ricardo Berna e outros - todos com cinco letras no nome, a exemplo do reforço. O novo reforço até posou de frente para o mural que leva a pintura de um nome histórico do tricolor, o ex-goleiro Castilho.

 

Em rápida mensagem no anúncio oficial da contratação, Fábio exaltou o histórico de ídolos tricolores na posição. "Torcida tricolor, é uma honra chegar e fazer a parte dessa história de grandes goleiros. Estamos juntos!", declarou o veterano, que usará a camisa 12 no Fluminense. 

Depois de deixar o Cruzeiro, depois de 17 anos dedicados à Raposa, Fábio, que não aceitou a proposta de renovação de contrato oferecido pelo novo comando do futebol celeste, esteve cotado no América, que pela primeira vez disputará a Copa Libertadores. O goleiro, no entanto, se disse seduzido pelo convite do Fluminense e decidiu aceitar a proposta. 

No Fluminense, Fábio reencontrará antigos companheiros como Fred, Willian 'Bigode' e o técnico Abel Braga
foto: Mailson Santana/Fluminense

No Fluminense, Fábio reencontrará antigos companheiros como Fred, Willian 'Bigode' e o técnico Abel Braga



Fábio reencontrará antigos companheiros como os atacantes Fred e Willian 'Bigode' e o técnico Abel Braga, que voltou ao comando do tricolor. Além do clima de amizade, ele encara a transferência para o Fluminense como uma 'grande oportunidade' de voltar a brigar por títulos. O veterano terá a chance de disputar a Copa Libertadores pela nona vez - nas oito anteriores ele defendeu o Cruzeiro e foi vice-campeão em 2009. 

Momentos marcantes de Fábio no Cruzeiro






Compartilhe