UAI

2

Fábio sonha com título da Libertadores pelo Fluminense: 'Está na hora'

Goleiro falou sobre o sonho de ser campeão e relembrou as derrotas de Cruzeiro e Fluminense nas finais continentais de 2008 e 2009

20/01/2022 18:52
compartilhe
Pelo Fluminense, Fábio disputará sua décima edição de Copa Libertadores
foto: MAILSON SANTANA/FLUMINENSE FC

Pelo Fluminense, Fábio disputará sua décima edição de Copa Libertadores


 
O Fluminense anunciou na última quarta-feira (19) a contratação do goleiro Fábio, ex-Cruzeiro. Prestes a disputar sua décima edição de Copa Libertadores, o jogador admitiu ter o sonho de ser campeão do torneio continental. 
 
 
Fábio, que assinou contrato de uma temporada com o Tricolor, relembrou as derrotas de Fluminense e Cruzeiro nas finais da Libertadores de 2008 e 2009, quando as equipes brasileiras perderam o título para a LDU, do Equador, e o Estudiantes, da Argentina, respectivamente.
 

"Está na hora. Acho que todos nós temos esse objetivo, esse sonho. Ficou muito próximo, tanto para o Fluminense um ano antes (2008), quanto para mim no ano seguinte (2009). É muito bom você chegar em condição de disputar a final, e o mais importante ainda se concretizar com o título. Então esse é o grande objetivo, e nós temos essa possibilidade real hoje. Esperamos colocar em prática dentro do campo, mostrando isso para o nosso torcedor, jogo a jogo, passando toda a gana de querer vencer, de querer alcançar esse objetivo que é a Libertadores. Mas não só a Libertadores, tudo o que a gente disputar pela frente", declarou.

Nesta tarde, o goleiro participou de seu primeiro treino com o elenco do Tricolor carioca. Ele admitiu estar muito feliz com a recepção que recebeu da torcida. 

"Eu estou muito feliz. Agradeço pela recepção e foi da forma que me passaram, que o Fluminense é família. Senti já, nesse primeiro dia esse carinho, e também nas redes sociais, com os torcedores, então foi muito legal esse carinho, esse calor e é o que a gente mais precisa para que a gente possa estar cada vez mais em alta com disposição para vestir essa camisa dentro dessa temporada de 2022", afirmou.
 
O sonho de ser campeão
 
Ao longo de sua trajetória no futebol, Fábio disputou nove edições da Libertadores. Apesar do grande número de jogos, o goleiro nunca foi campeão do torneio. Sua primeira participação foi em 2001, pelo Vasco - que acabou eliminado pelo Boca Juniors nas quartas de final daquela edição. 

Pelo Cruzeiro, o principal momento do camisa 1 na Libertadores ocorreu em 2009, quando a equipe foi vice-campeão continental. Comandada por Adilson Batista, a Raposa enfrentou o Estudiantes-ARG na final. Após empate por 0 a 0 no estádio Ciudad de La Plata, em La Plata, na Argentina, o time celeste perdeu o jogo de volta no Mineirão por 2 a 1. 

A última vez que Fábio entrou em campo pela Libertadores foi na eliminação do Cruzeiro para o River Plate, na segunda partida das oitavas de final da edição de 2019. Após empatarem por 0 a 0 nos dois jogos, os times decidiram a classificação nos pênaltis. Os argentinos levaram a melhor, vencendo a disputa por 4 a 2.
 
 

Número de jogos do Fábio por edição da Copa Libertadores:

2001: 2 jogos
2008: 10 jogos 
2009: 14 jogos 
2010: 12 jogos 
2011: 8 jogos 
2014: 10 jogos 
2015: 10 jogos
2018: 9 jogos
2019: 8 jogos


Compartilhe