UAI


Na volta da torcida, Sampaio Corrêa cede empate ao Brusque pela Série B

Com apoio de 2,3 mil pessoas, time maranhense tropeça em casa

21/09/2021 21:45
compartilhe
Sampaio Corrêa não conseguiu aproveitar o apoio da torcida e cedeu empate ao Brusque
foto: Sampaio Corrêa/Instagram

Sampaio Corrêa não conseguiu aproveitar o apoio da torcida e cedeu empate ao Brusque

O reencontro do Sampaio Corrêa com a torcida não foi o esperado e, de quebra, o clube ainda se complicou na briga pelo G4 - zona de acesso. Depois de sair na frente com dois gols ainda no primeiro tempo, o time maranhense não conseguiu segurar a pressão do Brusque na etapa final e acabou empatando por 2 a 2, em pleno Estádio Castelão, em São Luís (MA), pela 25ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série B, na noite desta terça-feira.

Ao todo, 2.356 torcedores estiveram nas arquibancadas. Com o resultado, o Sampaio Corrêa chegou aos 36 pontos e segue estacionado na sétima colocação. Viu, porém, a vantagem para o G4 aumentar ainda mais, já que o CRB primeiro time dentro da zona de acesso tem 44. Do outro lado, o Brusque apesar de ter buscado o empate, segue sem vencer e chegou a 11 jogos de jejum. Atualmente aparece na 14ª colocação com 29 pontos.

Os dois times voltam a campo no próximo final de semana para a disputa da 26ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série B. Na sexta-feira, às 21h30, o Brusque recebe o Vasco, no Estádio Augusto Bauer. Já no domingo, o Sampaio Corrêa visita o Botafogo, no Estádio Nilton Santos, no Rio, às 18h15.

O JOGO

A partida começou bastante movimentada, com os dois times se mandando ao ataque para tirar o zero do placar e nos 20 primeiros minutos, houve duas bolas na trave, uma para cada lado Claudinho testou no travessão depois de uma cobrança de falta do Brusque e Pimentinha, em um chute de fora da área, respondeu para o Sampaio Corrêa.

Mesmo assim, o primeiro gol dos donos da casa só foi sair aos 26 minutos. Pimentinha invadiu a área pela direita e rolou para trás, encontrando Luís Gustavo que chegou chutando para o fundo das redes. Do outro lado, o Brusque até chegou a empatar com Edu, de calcanhar, mas o assistente pega o impedimento no lance, que foi invalidado após a análise do VAR.

No fim do primeiro tempo, o Sampaio Corrêa ainda fez mais um, indo para o intervalo com uma boa vantagem. Aos 45 minutos, Jackson dominou na linha de fundo e mesmo sem ângulo, deu um chute de trivela, marcando um bonito gol.

Assim como a primeira etapa, o segundo tempo também começou movimentado e depois de algumas tentativas, o Brusque conseguiu descontar. Aos 14 minutos, Airton cruzou na área e encontrou Edu, que se livrou dos zagueiros e desviou de cabeça para o fundo das redes, sem chances para o goleiro adversário.

Depois do gol, o Brusque cresceu na partida e não desistiu de chegar ao empate. O objetivo foi alcançado aos 28 minutos, quando Garcez foi acionado pela esquerda, invadiu a área, deixou dois zagueiros para trás, mas foi derrubado por Luiz Gustavo. Ligado no lance, o árbitro marcou pênalti. O próprio Edu foi para a cobrança e não desperdiçou, fazendo o seu segundo gol na partida. Nos minutos finais, o duelo seguiu aquecido, mas terminou mesmo empatado em 2 a 2.

SAMPAIO CORRÊA 2 x 2 BRUSQUE


SAMPAIO CORRÊA
Mota; Luis Gustavo, Joécio, Éder Lima e Mascarenhas; Ferreira (Nadson), Eloir (Mauro Silva) e Léo Artur (Márcio Araújo); Pimentinha, Jackson (Diego Cardoso) e Roney (Jean Silva)
Técnico: Felipe Surian

BRUSQUE
Zé Carlos; Toty (João Carlos), Claudinho, Éverton Alemão e Airton; Zé Mateus, Rodolfo Potiguar, Garcez, Marlone (Bruno Alves) e Thiago Alagoano; Edu (Jhon Cley)
Técnico: Waguinho Dias

Local: Estádio Castelão, em São Luís (MA)
Data: terça-feira, 21 de setembro
GOLS: Luis Gustavo, aos 26 e Jackson, aos 45min do 1ºT; Edu, aos 14 e aos 30min do 2ºT
Árbitro: Alexandre Vargas Tavares de Jesus (MG)
Cartões amarelos: Ferreira e Eloir (Sampaio Corrêa). Éverton Alemão, Edu e Zé Carlos (Brusque)
Renda: R$ 35.615
Público: 2.356 pagantes

Compartilhe