UAI


Haverá público na final da Libertadores? Qual carga de ingressos?

Flamengo e Palmeiras vão disputar a taça do torneio continental em novembro

29/09/2021 23:54 / atualizado em 30/09/2021 00:04
compartilhe
Título da Libertadores será disputado com boa presença de público
foto: Divulgação/Palmeiras

Título da Libertadores será disputado com boa presença de público

Flamengo e Palmeiras disputarão a quarta final de Copa Libertadores da América entre clubes brasileiros. No dia 27 de novembro, um sábado, os rivais têm compromisso marcado no Estádio Centenário, em Montevidéu, no Uruguai. Haverá público na grande decisão? Se sim, qual carga de ingressos será disponibilizada? O Superesportes atualiza a situação de momento a seguir.


Como a Conmebol ainda não oficializou a presença de público na final no Uruguai, os clubes estão atentos às novas informações sobre as entradas. O governo uruguaio, no entanto, já liberou a volta da torcida aos estádios. Na última quinta-feira (23), por exemplo, o Athletico-PR venceu o Peñarol, por 2 a 1, na semifinal da Copa Sul-Americana, com a presença de torcedores.

O diretor da Secretaria Nacional do Esporte do Uruguai, Sebastián Bauzá, disse que o país pretende receber 50% da capacidade do Estádio Centenário. "Em novembro, vamos ter duas finais: da Libertadores e da Sul-Americana, algo que nunca aconteceu no Uruguai. Estas finais podem ter estrangeiros, que vão ter que ingressar vacinados ao país. Será perto dos 50% (do total do estádio) e esperamos que, em novembro, tenhamos algo mais", declarou.

Atualmente, o país liberou a entrada de brasileiros desde que completamente vacinados. Em agosto, a Conmebol estipulou como meta um percentual acima de 50% da capacidade do Estádio Centenário. A situação, evidentemente, também dependerá da situação da pandemia de COVID-19 no Uruguai.

A escolha da sede da final da Libertadores se deu, basicamente, por dois motivos: a possibilidade de ter público devido ao maior controle da pandemia no Uruguai e o auxílio do governo local para que a Conmebol obtivesse vacinas em negociação para fornecimento de Coronavac.


Diante do cenário atual, a estimativa é que haja entre 15 mil e 20 mil torcedores na decisão da Libertadores. A tendência, apesar disso, é de melhora nos números de COVID-19 no Uruguai - o que amplia expectativas pela presença de um público ainda maior.

O país vizinho tem 74% de sua população completamente vacinada - um dos maiores percentuais do mundo. Nos últimos 14 dias, o Uruguai registrou 1.801 casos da doença.

Neste cenário, há duas únicas certezas sobre a final, se liberada a presença de torcedores: será exigido o comprovante de vacinação e teste de COVID-19 negativo para todos os que comparecerem ao evento.



Monumento em obras


Em meio à indefinição quanto à presença do público na final da Libertadores, o Estádio Centenário passa por reformas em Montevidéu. O projeto trabalha para a implementação de um novo gramado, iluminação moderna e remodelação das arquibancadas.

Atualmente, o tradicional palco do futebol uruguaio tem capacidade para 65.235 espectadores. Neste sentido, se confirmada a disponibilização de 50% da carga de ingressos para a decisão, cerca de 32 mil torcedores poderão acompanhar ao duelo decisivo do principal torneio continental in loco.




Compartilhe