UAI

2

Rivaldo afirma que Corinthians brigará com Atlético por títulos em 2022

Pentacampeão mundial diz que equipe paulista criará condições para lutar por Libertadores e Brasileirão na próxima temporada

29/12/2021 18:43
compartilhe
Rivaldo afirma que Corinthians brigará por Libertadores e Brasileirão em 2022
foto: AFP / JACK GUEZ

Rivaldo afirma que Corinthians brigará por Libertadores e Brasileirão em 2022


 
O ano de 2021 chega ao fim com muita expectativa sobre como será a temporada em 2022. Em entrevista à Betfair, o craque Rivaldo falou sobre sua expectativa para o futebol no Brasil, e destacou o crescimento do elenco do Corinthians.
 
 

Veja todas as contratações dos times da Série A para 2022


Para o pentacampeão mundial, a equipe paulista está criando condições para lutar com Atlético, Flamengo e Palmeiras por títulos como Libertadores e Brasileirão.

"Atualmente, temos três clubes que vêm se destacando dos demais, com Atlético, Flamengo e Palmeiras recolhendo a maioria dos troféus nos anos mais recentes e não penso que nenhum desses clubes vá perder sua força em 2022. Mas também vejo o Corinthians criando as condições para se juntar a eles na briga pelos mais importantes troféus de 2022, que serão a Libertadores e o Brasileirão", comentou Rivaldo.

Aumento na premiação da Libertadores 2022 pode ajudar os clubes brasileiros

A Conmebol anunciou recentemente que aumentou a premiação para os campeões da Libertadores e da Copa Sul-Americana. A partir da edição de 2022, o vencedor da principal competição do continente receberá 16 milhões de dólares (R$ 91,8 milhões), o que representa um aumento de um milhão de dólares.

"Isso com certeza deixará os clubes brasileiros bem interessados em seguir dominando essa competição, e assim vão precisar focar forte na competição", disse Rivaldo.

"Ainda assim, a situação que ocorreu com o Grêmio nesta temporada é um alerta para que os clubes não ignorem totalmente as outras competições durante muito tempo, pois o time gaúcho focou nas competições continentais e quando desejou realmente se ligar no Campeonato Brasileiro já era muito tarde para recuperar", comentou.

Compartilhe