UAI


Cinco alpinistas morrem durante escalada ao monte Elbrus, na Rússia

14 pessoas foram salvas pelo sistema de emergência russo

24/09/2021 10:16
compartilhe
Monte Elbrus, o mais alto do Velho Continente
foto: Kirill Kudryavtsev/AFP

Monte Elbrus, o mais alto do Velho Continente

Uma tempestade repentina matou cinco pessoas que escalavam o monte Elbrus, o maior pico da Europa, localizado no Cáucaso russo, informaram nesta sexta-feira as equipes de emergência.

"Conseguimos salvar 14 pessoas, que foram transportadas e atendidas por equipes médicas. Lamentavelmente, cinco pessoas morreram", afirmou o ministério de Emergências da Rússia em um comunicado.

Os 19 alpinistas ficaram bloqueados a mais de 5.000 metros de altura quando as condições meteorológicas mudaram de maneira repentina.

Depois de receber um alerta, o serviço de emergência enviou uma equipe de 69 pessoas e 16 veículos para o resgate.

"Os socorristas trabalharam em condições muito difíceis. A força do vento alcançou entre 40-70 metros por segundo e a temperatura caiu a 20 graus negativos", explicou o ministério.

A operação de resgate durou quase cinco horas e só terminou durante a madrugada de sexta-feira.

Citado pela agência de notícias TASS, Denis Alimov, que organizou a escalada, afirmou que uma mulher da expedição passou mal na manhã de quinta-feira e decidiu retornar com um guia.

Apesar do abandono, o restante do grupo prosseguiu até ser surpreendido pela tempestade. A mulher faleceu durante a descida, segundo Alimov.

O monte Elbrus, de 5.642 metros de altura, é o maior do Cáucaso e o mais alto da Europa.

Compartilhe