UAI


Rebeca Andrade conquista medalhas de ouro e prata no Mundial de Ginástica

Em julho, Brasileira também brilhou nos Jogos Olímpicos de Tóquio

23/10/2021 08:35 / atualizado em 23/10/2021 09:01
compartilhe
foto: Twitter @gymnastics
Após triunfar nas Olimpíadas de Tóquio, conquistando uma medalha de ouro e outra de prata, Rebeca Andrade voltou a brilhar no Japão. Em Kitakyushu, a brasileira disputou duas finais do Mundial de Ginástica, neste sábado. A jovem de 22 anos foi campeã do salto e ficou em segundo lugar nas barras assimétricas.

Esta foi a primeira vez que um brasileiro subiu ao pódio duas vezes na mesma edição do torneio.



No salto, Rebeca atingiu a marca de 14,966 pontos. Atrás dela ficou a italiano D'Amato Asia com 14,083, seguida pela russa Angelina Melnikova com 13,966. Já na decisão das barras, a chinesa Wei Xiaoyuan levou vantagem sobre a brasileira e ficou com o título. A representante da China ficou com 14.733 pontos, apenas 0,100 a mais que a Rebeca. A terceira colocada Luo Rui, também da China, ficou com a mesma pontuação que a ginasta do Brasil, mas perdeu nos critérios de desempate.

“Estou muito feliz, foi um dia muito bom, treinei bastante. Mesmo com as falhas consegui segurar meu corpo, o que é muito importante para o atleta. Fiz boas apresentações então estou muito feliz e grata por tudo que eu fiz”, disse Rebeca ao Sportv.

“Sonhei com esse momento. Estar realizando esse sonho que eu coloquei pra minha vida está sendo muito importante”, completou.

Rebeca tirou as notas 15,133 e 14,800, atingindo uma média de 14,966
foto: Philip FONG / AFP

Rebeca tirou as notas 15,133 e 14,800, atingindo uma média de 14,966

Neste sábado, também ocorreu a decisão masculina do cavalo. Nedoroscik Stephen, dos Estados Unidos, foi o campeão. O chinês Weng Hao ficou em segundo lugar, seguido pelo japonês Kaya Kazuma.

Rebeca pode fechar sua participação no Mundial com mais uma medalha. Neste domingo, às 5 horas (de Brasília), a jovem disputa a final da trave. Na mesma data, Caio Souza participa da final das barras paralelas, às 6 horas.


Compartilhe