UAI

2

Campeão olímpico russo de natação é suspenso por apoio à invasão da Ucrânia

Comissão disciplinar da FINA decidiu suspender Rylov por nove meses das competições

22/04/2022 11:29
compartilhe
Evgeny Rylov faturou o ouro com direito a novo recorde olímpico em Tóquio
foto: AFP

Evgeny Rylov faturou o ouro com direito a novo recorde olímpico em Tóquio

O nadador russo Evgeny Rylov, duas vezes campeão olímpico em Tóquio nos 100 e 200 metros costas, foi suspenso por nove meses pela Federação Internacional de Natação (FINA), por seu apoio à invasão da Ucrânia.

A comissão disciplinar da FINA decidiu suspender Rylov por nove meses, "depois de sua presença em um evento que aconteceu no estádio Lujnki, em Moscou, no dia 18 de março de 2022. A suspensão passa a ser válida em 20 de abril de 2022", anunciou a FINA em um comunicado.

Para celebrar os oito anos da anexação da Crimeia ucraniana depois da revolução pró-ocidental em Kiev, em 2014, a Rússia organizou, no último 18 de março, um encontro multitudinário no estádio Lujniki, em Moscou. 

O evento reuniu 95 mil pessoas no interior da arena, e 100 mil do lado de fora. Vários esportistas russos de renome, entre eles o nadador, participaram desse ato.

"Infelizmente, a política nefasta que busca politizar o esporte continua", lamentou o porta-voz do Kremlin, Dmitri Peskov, ao comentar a decisão da FINA.

Compartilhe