Seleção

SANTA CRUZ

De 'Parasita' a curso da CBF: capitão do Santa, Danny Morais revela rotina durante quarentena

Ídolo coral, em entrevista à reportagem do Diario de Pernambuco, revelou algumas curiosidades sobre o que tem feito em casa, devido ao Coronavírus

postado em 24/03/2020 09:00 / atualizado em 24/03/2020 08:20

(Foto: Reprodução/Instagram)
O zagueiro e capitão do Santa Cruz, Danny Morais é um dos jogadores tricolores - senão o mais ativo -  nas redes sociais após a paralisação do futebol em virtude da pandemia do Coronavírus. Na última semana, inclusive, o defensor coral publicou alguns vídeos na Internet com os filhos, seja de conscientização em relação às medidas a serem tomadas no combate à doença, ou praticando exercícios dentro de casa. Ambos com grande repercussão. 

Mas, além dessa rotina, o que Danny Morais vem fazendo mais em casa nesta última semana? A reportagem do Diario de Pernambuco entrevistou o zagueiro do Santa Cruz e descobriu algumas curiosidades. Dentre elas, além de gostar de estudar bastante - seja inglês ou futebol - , também vem aproveitando para colocar alguns filmes em dia. 

“Nesses dias, finalmente eu consegui assistir Parasita, aquele filme que ganhou o Oscar. Estava querendo assistir porque é um filme feito na Coreia do Sul, e como eu já morei lá, queria saber”, contou ao DP Esportes.  

Pai de três meninos, apesar de reconhecer que passa a maior parte do tempo se dedicando a eles neste período de quarentena, Danny Morais também declarou que, além de continuamente estudar inglês em casa, está muito perto de terminar o curso da Confederação Brasileira de Futebol (CBF) de licença B para treinadores. O zagueiro havia começado a parte prática no ano passado, em viagem ao Rio de Janeiro, mas ainda restou a teórica, finalizada nos últimos dias - e por ensino à distância, devido ao Coronavírus.  

“Eu fiz o curso de Licença B para treinadores na Confederação Brasileira, e tem a parte presencial. Agora eu encerrei nesses últimos dias a parte teórica e tive que mandar os meus trabalhos para encerrar, como se fosse um trabalho de conclusão. E o inglês, eu estudo desde sempre, inclusive. Tenho um bom nível, até porque morei em dois países onde se precisava falar, a Arábia Saudita e a Coréia do Sul”, acrescentou.

Sobre o Coronavírus, especificamente, Danny Morais também revelou que, nos próximos dias, vai divulgar uma ação social pensada por ele mesmo para arrecadar produtos. Mas, o zagueiro do Santa Cruz evitou entrar em maiores detalhes, disse que a pandemia era uma situação ‘muito nova’ no Brasil e reforçou que, no momento, não é hora de “aparecer em estádio”, e sim de “ajudar as pessoas”.     

“É uma situação muito nova, ninguém estava preparado para isso, porque ninguém sabe como encarar. A gente tem uma representatividade hoje, principalmente no cenário de Pernambuco, com a torcida do Santa Cruz. E num momento como esse é bom ajudar. É legal estar engajado, porque o importante, neste momento, não é aparecer em estádio, mas ajudar as pessoas. Eu estou organizando algumas ações de arrecadação, de ajuda. E em breve deve estar se concretizando. O futebol não tem que estar a par do que acontece no mundo e acho que o lado desportivo não pode nunca estar acima do lado humano”, encerrou.