Seleção

CANDIDATURA

Arena de Pernambuco antecipa etapa em disputa para sediar final da Copa Sul-Americana

Segundo diretor-geral Kleber Borges, relatório da candidatura que deveria ser entregue no dia 29 já foi feito, saindo na frente de outros postulantes

postado em 25/05/2020 18:35

(Foto: Rafael Ribeiro / CBF)
A Arena de Pernambuco começou oficialmente nesta segunda-feira a caminhada para tentar receber a final da Copa Sul-Americana dos anos de 2021, 2022 ou 2023. Por videoconferência, o diretor geral da Arena, Kleber Borges, participou de um workshop junto com os representantes das demais praças concorrentes, etapa que se encerra amanhã. 
Na próxima sexta-feira, todos os postulantes precisarão encaminhar à Conmebol um relatório da candidatura, processo já realizado pelo estádio de São Lourenço da Mata.

Segundo Kleber Borges, o fato de já ter antecipado essa última etapa conta a favor do pleito pernambucano. Os estádios que não enviarem esses relatórios até a sexta-feira serão cortados da disputa. A escolha da Conmebol sobre quais receberão as finais da Copa Libertadores e Sul-Americana dos próximos três anos (em jogos únicos) deve ser divulgada até o fim de junho. 

“Esse workshop serve para tirar todas as dúvidas junto a Conmebol sobre realização, sobre cidade sede, hotelaria, aeroporto e impostos, por exemplo. Depois tem a etapa onde se envia as cartas e nesse ponto estamos em vantagem porque já produzimos todas essas cartas de recomendação com relação à cidade, segurança, prefeitura, governo do estado. Já enviamos tudo isso, assim como algumas outras cidades”, destacou Kleber Borges.

“Depois do dia 29 há um primeiro filtro, porque quem não entregar essa documentação cai fora. Por isso existe esse workshop para se saber algumas obrigatoriedades, por exemplo, e depois as cidades decidem se realmente interessa a elas serem candidatas. Como para a gente interessa desde o início, já adiantamos esse processo. Mas acredito que todas as outras também vão entregar. Mas a gente já partiu na frente”, completou.

Porém, para o diretor geral da Arena de Pernambuco não é apenas a antecipação de etapas que conta a favor. Na visão de Kleber Borges há outros bons indicativo a favor da candidatura local.

“Temos vários bons indicativos. A gente ser sede de um jogos das eliminatórias é um deles (a Arena receberá a estreia do Brasil no torneio qualificatório para a Copa de 2022, contra a Bolívia. Jogo que foi adiado pela Fifa por conta da pandemia do novo coronavírus e ainda não tem nova data). Isso significa que a maioria das prerrogativas que são exigidas já cumprimos todas. E ao adiantar a entrega da nossa documentação também deixamos claros o nosso nível de interesse. E isso causa uma boa impressão”, reforçou. 

Sul-Americana 2021 

Argentina
La Bombonera
Monumental de Nuñez
Nuevo Gasómetro
Libertadores de América
El Cilindro
Estádio Único de Santiago del Estero

Brasil
Mané Garrincha
Arena da Baixada
Castelão (CE)
Beira-Rio
Arena Pernambuco
Maracanã
Arena Fonte Nova

Chile
Estádio Nacional

Equador
Casa Blanca

Sul-Americana 2022

Argentina
La Bombonera
Monumental de Nuñez
Nuevo Gasómetro
Libertadores de América
El Cilindro
Estádio Único de Santiago del Estero

Brasil
Mané Garrincha
Arena da Baixada
Castelão
Beira-Rio
Arena Pernambuco
Maracanã
Arena Fonte Nova

Chile
Estádio Nacional

Peru
Monumental de Lima
Estádio Nacional de Lima

Equador
Casa Blanca 

Sul-Americana 2023

Argentina
La Bombonera
Monumental de Nuñez
Nuevo Gasómetro
Libertadores de América
El Cilindro
Estádio Único de Santiago del Estero

Brasil
Mané Garrincha
Arena da Baixada
Castelão
Beira-Rio
Arena Pernambuco
Maracanã
Arena Fonte Nova

Chile
Estádio Nacional

Colômbia
Atanasio Girardot

Peru
Monumental de Lima
Estádio Nacional de Lima

Equador
Casa Blanca