UAI

2

Brasil x Paraguai: torcedor poderá usar passaporte de vacinação no Mineirão

Apresentação da certificação da vacina é a mesma já realizada com a Seleção Brasileira Masculina nos jogos contra Uruguai e Colômbia

31/01/2022 14:15 / atualizado em 31/01/2022 14:34
compartilhe
Mineirão será o palco de Brasil x Paraguai
foto: Divulgação/Mineirão

Mineirão será o palco de Brasil x Paraguai

Devido à ameaça da variante Ômicron e ao aumento de casos de COVID-19 no Brasil, a Confederação Brasileira de Futebol (CBF), em conjunto com a startup franco-brasileira Mooh Tech, projeta um novo protocolo sanitário nos estádios a partir do uso de um aplicativo, chamado Chronus i-Passport.

A tecnologia será utilizada na partida entre a Seleção Brasileira e o Paraguai, nesta terça-feira (1), às 21h30, no Mineirão, em Belo Horizonte. A apresentação da certificação da vacina é a mesma já realizada nos jogos do Brasil contra Uruguai e Colômbia, também pelas Eliminatórias para a Copa do Mundo do Catar, disputados, respectivamente, em Manaus e São Paulo, em outubro e novembro de 2021. 

O Chronus é um passaporte de vacinação online que será aplicado para acompanhamento da vacinação, testagem e mapeamento da pandemia no futebol para auxílio ao controle da propagação da COVID-19. 

Everton Cruz, CEO da Mooh!Tech, explica que o aplicativo é uma solução de registro e identificação de saúde. Seu uso contínuo permite que apenas as pessoas com status de vacinação contra a COVID-19 circulem sem restrições. 

Segundo o executivo da empresa, a adoção do i-Passport possibilita diminuir muitos dos protocolos necessários e permite maior aferição de dados em relação à vacinação. 

"É uma forma de minimizar o impacto da pandemia e permitir ambientes 'puros'. Sejam eles no futebol, nas empresas ou nos ambientes públicos. O uso do passaporte é para criar bolhas com pessoas não infectadas", explicou Cruz, à reportagem do Superesportes.

O aplicativo


O Chronus foi criado em 2011 e segue o plano de imunização internacional da Organização Mundial de Saúde (OMS). Ele já foi utilizado em grandes eventos esportivos, como o Super Bowl de 2020 (final do futebol americano nos Estados Unidos), e shows, como o Rock in Rio. 

O aplicativo também será utilizado pela CBF na verificação de vacinas de jogadores e integrantes das comissões técnicas de clubes brasileiros e da Seleção. 

A entidade permitirá que apenas atletas e funcionários dos times com as duas doses (ou dose única) da vacina contra a COVID-19 participem de competições nacionais. 

Além do esquema vacinal, o i-Passaport pode verificar testes. No entanto, essa ferramenta está disponível apenas em conjunto com algumas farmácias (todas associadas a Abrafarma) e laboratórios (Fleury e CR Diagnósticos). Os parceiros do aplicativo oferecem, inclusive, até 30% de desconto para os usuários. 

Uso no Mineirão


Para entrar no Mineirão, na partida entre Brasil e Paraguai, além de apresentar o voucher do ingresso (digital ou impresso), é preciso estar com o esquema vacinal completo e realizar um teste de RT-PCR ou teste rápido de antígeno até 72h antes do evento. 

Uma das maneiras de agilizar a entrada no estádio para o jogo é gerar o Passaporte CBF, preenchendo o formulário completo no endereço https://invite.chronus.online ou baixando o aplicativo do Chronus. Desta forma, basta apenas levar o voucher do ingresso com o código gerado ou apresentar o QR Code. 

Aqueles que não realizarem este procedimento devem levar todos os documentos e comprovantes (vacinação, teste) impressos. Neste caso, a checagem é manual, na chegada ao Mineirão, e o processo pode demorar um pouco mais.

Confira os detalhes do protocolo sanitário:

- Apresentar o voucher do ingresso digital (smartphone) ou impresso;

- Esquema vacinal completo (duas doses ou dose única da vacina Janssen + 14 dias), e teste negativo para Covid-19 do tipo RT-PCR, ou Teste rápido de antígeno  realizado até 72 horas antes do ingresso no estabelecimento;

- Aqueles que tiverem apenas uma dose de vacina por efeito do calendário do PNI (Programa Nacional de Imunização) e para os não elegíveis na faixa etária para vacinação no estado de origem, poderão ter acesso ao estabelecimento apresentando o teste negativo para Covid-19 do tipo RT-PCR ou Teste rápido de realizado até 72 horas antes do ingresso no estabelecimento;

- Utilizar máscara a todo momento (obrigatoriamente cobrindo boca e nariz) preferencialmente a M-95, PFF2 ou máscara cirúrgica. Se o torcedor optar por utilizar máscara de tecido, deve utilizá-la em conjunto com a máscara cirúrgica;

- A ausência de apresentação do comprovante de vacinação da segunda dose ou de dose única da vacina ou do teste válido e impresso, nos termos da PORTARIA SMSA/SUS-BH Nº 0332/2021, IMPOSSIBILITA a entrada no estádio e esplanada e não gera direito à restituição de valores;

- Diante do tempo necessário para conferência dos testes e a fim de evitar aglomerações nos portões de acesso, pedimos aos torcedores que entrem no estádio com a máxima antecedência possível;

- O voucher do ingresso dá acesso apenas pelo portão indicado e somente uma vez;

- O torcedor se compromete a comunicar à organização caso venha a apresentar quadro clínico que seja compatível com Covid-19 e/ou exame positivo para a doença, no prazo de quatorze dias após a realização do evento.


Compartilhe