SANTA CRUZ

Executivo do Santa Cruz mostra preocupação com coronavírus e espera paralisação

Nei Pandolfo lembrou que jogos de futebol exigem contato direto de várias pessoas, ainda que sejam realizados sem público

postado em 16/03/2020 14:37 / atualizado em 16/03/2020 14:49

(Foto: Rafael Melo/Santa Cruz FC)
A cada dia, aumenta o nível de alerta global sobre a pandemia do coronavírus SARS-CoV-2, causador da Covid-19. Com uma incontável lista de eventos políticos, sociais, culturais e esportivos remarcados ou adiados ao redor do globo, a torcida e os clubes de Pernambuco seguem no aguardo sobre a continuidade do Campeonato Estadual e da Copa do Nordeste. No Santa Cruz, a esperança é que as definições saiam ainda hoje, e o executivo de futebol Nei Pandolfo, não escondeu sua torcida pela suspensão dos torneios.

“São muitas pessoas que se movimenta. Você jogar, mesmo sem público, requer uma grande quantidade de pessoas trabalhando dentro do campo, então exige um envolvimento muito grande e o risco passa a ser maior. Mas vamos aguardar as decisões que ainda não saíram, a gente espera que até o fim do dia haja um apontamento definitivo”.

Ao redor do mundo, já são mais de 168 mil infectados e 6.600 mortes com o novo coronavírus (Covid-19), segundo a Organização Mundial da Saúde, já sendo o processo epidêmico mais mortal desde o surto de Ebola na África Ocidental, entre 2013 e 2016, com pouco mais de 11 mil mortes. Mesmo nesse cenário, Pandolfo reforçou que uma posição definitiva do clube virá, apenas, em resposta às federações responsáveis pelos torneios.

“Nós estamos esperando as reuniões que vão acontecer tanto na Federação Pernambucana, quanto na Liga do Nordeste, ficamos aguardando o posicionamento. Entendo, eu, que deveríamos todos nos manter dentro de casa, todo mundo se recuperando e evitando uma transmissão maior, como é a orientação”.