SANTA CRUZ

Com três vitórias seguidas, Treze tenta atrapalhar 'sequência da classificação' do Santa

Galo de Campina Grande vem em bom momento da Série C e trocou a zona de rebaixamento pela briga na parte de cima da tabela

postado em 15/10/2020 16:07 / atualizado em 15/10/2020 16:16

(Foto: Ester Vasconcelos/Treze FC)
Com boa folga na Série C, o Santa Cruz vive uma espécie de contagem regressiva pela classificação à segunda fase do torneio. Para atingir os 30 pontos, número que já deve garantir a vaga aos corais, bastam três vitórias, que já poderiam ser encaminhadas nos três próximos jogos, contra Treze, Botafogo/PB e Imperatriz, três dos times considerados mais frágeis do torneio. Para isso, porém, o Tricolor terá que encerrar a boa sequência que vive o Treze, sem perder há sete partidas.

A largada do Treze nesta Série C não foi das melhores, com três derrotas (Santa Cruz, Paysandu e Ferroviário/CE), seguidas de quatro empates (Remo, Manaus, Jacuipense e Vila Nova). Desde então, porém, o Galo da Borborema engatou três vitórias, saiu da zona de rebaixamento e já é o primeiro time fora do G4 do Grupo A. Assim, já são sete jogos sem perder e três vitórias consecutivas, em um embalo que será novamente testado contra o Santa Cruz neste sábado.

Se a sequência é animadora, um ponto pesa contra o Treze. As três vitórias, únicas na campanha, foram conquistadas contra as equipes que ocupam a zona de rebaixamento. Foram duas vitórias seguidas contra o lanterna Imperatriz, que segue com apenas um ponto em 11 jogos. Depois, o Treze venceu o clássico contra o Botafogo/PB, vice-lanterna do Grupo A.

Em uma disputa muito próxima, o Treze pode sair do jogo contra o Santa Cruz estando no G4 ou no Z2, áreas, hoje, distanciadas apenas por 3 pontos, com o Ferroviário (14) em quarto e o Botafogo (11) em nono. Assim, os paraibanos encaram o jogo contra o Tricolor como fundamental para consolidar o crescimento no campeonato, como analisa o lateral esquerdo Leonan.

"O time do Treze é uma boa equipe. Eles estão com 13 pontos, estão brigando por uma vaga no G4 também. Eu tenho certeza que vai ser um jogo divisor de águas, tanto para nós quanto para eles, porque eles hoje são os quintos colocados e o primeiro time fora da zona de classificação. Então, a gente quer se distanciar deles e eles querem chegar mais perto de nós. Tem tudo para ser um grande jogo".