SPORT

Após voltar a ganhar chance entre os titulares do Sport, João Igor recebe elogios de Guto

Jogador defendeu o Leão em campo na última terça-feira, mas não deve ser titular no duelo da noite do próximo sábado, diante da Ponte Preta-SP

postado em 23/08/2019 09:30 / atualizado em 23/08/2019 09:02

<i>(Foto: Heber Gomes/AGIF/ESTADÃO CONTEÚDO)</i>
Depois de ser usado como segunda opção em algumas rodadas na Série B da competição nacional, o volante João Igor retornou ao time titular do Sport substituindo o suspenso Marcão, na vitória por 2 a 0 diante do Vila Nova-GO, na última terça-feira. Mesmo com desaprovações e muitas críticas por parte da torcida, o comandante rubro-negro, Guto Ferreira, tem retrospecto de insistência em vagas titulares para Ronaldo e Yago. Com isso, João ocupa o banco.
 
O primeiro contato do jogador, de 23 anos, em atmosfera profissional foi no Sport. E o garoto vem buscando validar isso garantindo seu espaço entre os titulares. O resultado está aparecendo. A dupla que formou com Charles na última partida, por exemplo, foi considerada “sólida” pelo técnico.
 
O treinador Guto abordou a volta de João Igor à equipe titular do Leão, que mesmo após ter retornado à campo na última terça-feira, deve voltar ao banco de reservas na partida de sábado contra a equipe da Ponte Preta-SP, já que Marcão voltará da suspensão. “Até a parada da Copa América (João Igor) jogou muito bem e acabou se machucando. Entrou bem no jogo contra o Botafogo-SP. Não foi tão bem no primeiro tempo, contra o Vila, mas foi crescendo. No segundo tempo já foi melhor, conseguiu fazer jogadas importantes, o que trouxe confiança para ele. O futebol é assim. Na medida que você vai ganhando confiança, o seu futebol vai crescendo”.
 
Em preparação para a primeira partida após a parada por causa da Copa América, João estava treinando entre o time titular. O adversário do Sport era o São Bento-SP. E João era esperado em campo, mas machucou o tornozelo e ficou fora dos dois confrontos seguintes. O atleta só retornou à relação diante do Paraná-PR, na vitória por 1 a 0 fora de casa. De lá pra cá, houve mais cinco jogos. João entrou em campo nos dois últimos. Contra o Botafogo-SP e o Vila Nova-GO, respectivamente.