SPORT

A dez rodadas para fim da Série B, chance de acesso do Sport varia de 94,3% a 87,9%

Na vice-liderança, Leão abriu oito pontos do primeiro time fora do G4

postado em 13/10/2019 15:39 / atualizado em 13/10/2019 15:51

<i>(Foto: Paulo Paiva/DP)</i>
Restando apenas 10 rodadas para o término da Série B, o Sport está cada vez mais próximo de assegurar o retorno à elite do futebol nacional. Atualmente na vice-liderança da competição, com 49 pontos, oito a mais que o América-MG, 5º colocado e primeiro time fora da área de classificação, os rubros-negros possuem entre 94,3% e 87,9% de chances de estarem na Série A em 2020, de acordo com os principais sites de projeções matemáticas.

O mais otimista é o “Chance de Gol”, que coloca o Leão com 94,3% de possibilidade de acesso. E ainda aponta 4,4% para o título. O site baseia seu cálculo com base nas probabilidades de vitória, empate e derrota calculadas para cada um dos jogos ainda não realizados, levando em conta a força dos times a serem enfrentados.

Já para o Infobola e a Universidade Federal de Minas Gerais, a probabilidade de acesso pernambucano é um pouco menor. Mas ainda assim alto. Para ao Infobola, a chance é de 88%, enquanto a UFMG praticamente repete o índice, com 87,9%. Para essa última , o Leão ainda possui 3,7% de possibilidade de título. 

Nesta segunda-feira, o Sport tem chance de aumentar ainda mais esses percentuais ao encarar o Cuiabá, às 20h, na Ilha do Retiro, abrindo a 29ª rodada. Na 12ª posição da Série B, a equipe do Mato Grosso está a sete pontos do Coritiba, que fecha o G4, e a seis do Vila Nova, que fecha a zona de rebaixamento. No meio da tabela, a chance de acesso e descenso do Cuiabá são as mesmas, variando de 2% a 4%.

Para a partida, o técnico Guto Ferreira deve promover apenas uma mudança na equipe, com relação à formação que iniciou a partida da última sexta-feira, diante do São Bento, com Pedro Carmona entrando na vaga de Leandrinho, suspenso.

Assim, a provável formação leonina terá: Mailson; Norberto, Rafael Thyere, Adryelson e Sander; Willian Farias, Charles e Pedro Carmona; Marquinho, Guilherme e Hernane Brocador.