SPORT

Um dos salários mais altos do elenco, volante Marcão vive ocaso no Sport em 2020

Jogador tem sido a última opção para o setor, com apenas 16 minutos na atual temporada; para este ano, teve contrato renovado de forma automática

postado em 07/02/2020 12:00

(Foto: Paulo Paiva/DP Foto)
No futebol, geralmente, os jogadores mais valorizados são aqueles mais utilizados. No entanto, Marcão vem sendo a exceção desta espécie de regra no Sport nesta temporada. Dono de um dos maiores salários do elenco rubro-negro, o volante de 29 anos tem sido a oitava (e última) opção para o setor da equipe comandada por Guto Ferreira, com apenas 16 minutos jogados. Os vencimentos mensais do jogador são acima dos R$ 100 mil, conforme apurado pelo Superesportes.

Mas, importante dizer, ainda de acordo com a reportagem, este cenário é recente. No momento em que foi anunciado como reforço para a segunda passagem pelo Leão, em julho de 2019 , havia uma cláusula de renovação automática por mais uma temporada em caso de acesso rubro-negro, elevando substancialmente o seu salário para o patamar que se encontra atualmente.

Na ocasião, quando contratado, o Sport tentava encontrar um parceiro para Charles na cabeça de área. João Igor estava lesionado, além de que Ronaldo e Yago não aproveitaram a oportunidade - solução para a disputa da Série B, Willian Farias ainda não havia chegado ao clube. Em 2020, Marcão é o volante com menos participação em campo e último da fila - ainda que valha pontuar ter ficado à disposição apenas a partir da terceira partida da temporada - sendo mal utilizado até no time alternativo do estadual. 

Sobre os demais volantes do time: Willian é unanimidade; João ganhou a condição ante o Imperatriz; Jean Patrick já teve dois jogos como titular no time do regional; Rithely vem retomando o ritmo; destaque da base, Alê Santos teve boas oportunidades; Betinho foi acionado só em dois jogos porque ficou inapto por ordem médica; e Ronaldo vem sendo titular no pernambucano. A única partida de Marcão neste ano foi ante o Central, quando acionado aos 29 do segundo tempo.

A história do volante no clube começa em agosto de 2018 ao ser contratado junto ao Cuiabá para a disputa da Série A. Naquele momento, conseguiu, junto a Jair, dar estabilidade ao setor no Sport, ajudando na recuperação no fim do campeonato brasileiro em busca da fuga do Z4 - o Leão acabaria rebaixado na última rodada. No total, pela equipe rubro-negra, são 26 partidas e nenhum gol marcado.

VOLANTES - JOGOS (MINUTOS) - COMPETIÇÕES - 2020

- Willian Farias: 5 jogos (382 minutos) - Copa do Nordeste e Campeonato Pernambucano
- Rithely: 3 jogos: (248 minutos) - Campeonato Pernambucano
- Ronaldo: 4 jogos (233 minutos) - Campeonato Pernambucano
- Alê Santos: 4 jogos (220 minutos) - Copa do Nordeste e Campeonato Pernambucano
- Jean Patrick: 3 jogos (157 minutos) - Copa do Nordeste
- João Igor: 2 jogos (135 minutos) - Copa do Nordeste e Campeonato Pernambucano
- Betinho: 2 jogos (60 minutos) - Copa do Nordeste e Campeonato Pernambucano
- Marcão: 1 jogo (16 minutos) - Campeonato Pernambucano