SPORT

Sport paralisa atividades do futebol profissional e libera elenco; prejuízo é 'inevitável'

Presidente Milton Bivar afirmou que clube acompanhará para ver como país reage à pandemia do novo coronavírus e, assim, ainda há dúvidas no planejamento

postado em 17/03/2020 09:42

(Foto: Anderson Stevens/Sport Recife)
Campeonato Pernambucano e copa do Nordeste. As duas competições das quais o Sport participa estão paralisadas por tempo indeterminado. Nesse cenário, a diretoria do clube, que já havia anunciado medidas de combate ao alastramento do novo coronavírus, responsável pela Covid-19, ampliou suas ações ao futebol profissional, liberando todo o elenco e comissão técnica para ficar em casa até segunda ordem.

A informação foi confirmada pelo presidente do Sport, Milton Bivar: “É verdade, a gente não vai ter reapresentação hoje”. O mandatário também lembrou que não há previsão para um retorno das atividades normais. “Nós vamos acompanhar o risco, com a CBF, com a Federação (FPF) e com a Liga do Nordeste. Não temos ideia, acho que deve ter pelo menos mais uns 30 dia disso”.

Sobre o funcionamento dos setores administrativos do clube durante o período de paralisação, Milton demonstrou não haver certezas ainda sobre como seguirá o trabalho administrativo do clube. “Tem que ver como vai reagir a população diante dessa pandemia, tem que ver se esse vírus vem”.

O presidente também alertou para outro cenário que será afetado dentro do clube: o financeiro. Ainda sem definições sobre prazos, com campeonatos podendo ser estendidos e contratos precisando passar pelo mesmo processo, Milton afirmou que o prejuízo é inevitável. “Não dá para avaliar, mas isso aí já é certo. Todo setor no Brasil vai ter prejuízo. É inevitável, completamente”.