SPORT

Sport paga parte do salário referente à "carteira" do mês de abril aos jogadores

Leão possui débitos com o elenco rubro-negro desde o começo da pandemia

postado em 30/06/2020 07:40 / atualizado em 30/06/2020 08:08

(Foto: Peu Ricardo/ DP Foto)
Em grave crise financeira, os cofres do Sport pioraram ainda mais por conta da pandemia do coronavírus, fazendo com que o clube tivesse que equacionar o pagamento dos salários ao elenco durante a inatividade. Agora, com o retorno dos treinos desde o último dia 15 e a iminência das partidas, o Leão tem buscado ainda mais regularizar as contas, mirando as receitas que podem voltar com a realização dos jogos - tanto é que não se fala em reforços para a Série A enquanto houver dívidas com o grupo.

E nessa luta rotineira que tem sido viabilizar as contas, o Sport iniciou o pagamento de parte do salário referente à “carteira” (CLT, que corresponde de 60% a 70% dos vencimentos mensais) do elenco do mês de abril. “Iniciamos um pagamento, lentamente. Estamos trabalhando”, afirmou o presidente Milton Bivar.

Assim, em aberto com os jogadores, o clube tem todo o mês de maio, o restante da “carteira” de abril, além dos direitos de imagem (que são de 30% a 40% dos vencimentos) de março e abril. Sobre os direitos de imagem, aliás, ressalte-se que o Sport acertou com o elenco de suspender o pagamento enquanto perdurar o período sem jogos, compensando esses valores quando as competições retornarem. O salário de junho vence no dia 10 de julho.

Por conta da inatividade, o Sport perdeu diversas receitas, dentre elas a renda com a bilheteria, arrecadação de sócios e patrocínios de uniformes, além de possíveis cotas em competições. Tudo isso agravou ainda mais a situação financeira no clube. Paralelamente a isso, inclusive, o clube também vê diversos processos trabalhistas de atletas que defenderam a equipe até 2018.